O rio Madeira chegou aos 15,55 metros na manhã desta quinta-feira (27) e segue na cota de alerta em Porto Velho, de acordo com o Serviço Geológico do Brasil (CPRM).

Nas últimas 24 horas o nível da água oscilou em mais de 10 centímetros, o que é normal nesta época do ano, segundo a Defesa Civil. No início da semana o nível da água chegou a 15,71 metros.

Desde o começo da semana a Defesa Civil está monitorando os pontos de maior risco de cheia no rio Madeira. Na quarta-feira (26) a equipe esteve na Estrada do Belmont, pois a via fica ao lado do rio e pode ser alagada nos próximos dias.

Quatro comunidades do ‘Médio Madeira’ também são monitoradas pelas autoridades em Porto Velho, mas não houve necessidade, por enquanto, de retirar famílias de casas.

Cota de alerta

O rio Madeira atingiu a cota de alerta [ de 15 metros] no dia 12 de fevereiro. A cota de inundação do rio é de 17 metros, mas o Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) acredita que, em 2020, a água não deva ultrapassar os 16,50 metros.

Cheias históricas

Segundo a Defesa Civil, 17 metros é a cota de transbordamento para uma eventual cheia na capital.

Quando registrou a cheia histórica, em 2014, o nível do rio Madeira passou dos 19 metros. Milhares de pessoas foram retiradas de casa.

Outro ápice do nível do rio foi em 9 de abril de 2007, quando o Madeira chegou a 17,52 metros. Na época, a enchente invadiu bairros, distritos e afetou cerca de 1,6 mil famílias somente em Porto Velho.

Fonte: G1

Facebook Comments