Um resort naturista na costa mediterrânea da França viu um aumento acentuado nas infecções por coronavírus e os nudistas foram instruídos a usar máscaras e praticar o distanciamento social, disseram autoridades de saúde nesta segunda-feira (24).

Testes feitos em pessoas na região mostraram que a incidência do vírus Sars-Cov-2 foi 30% maior em frequentadores do resort Village Cap d’Agde, uma vila turística voltada para naturistas na região de Occitânia, sudeste francês.

A taxa é quatro vezes maior do que os 7% registrados entre os examinados na região que não frequentaram o centro nudista. Segundo o jornal “Le Figaro”, ao menos 18 casas noturnas do balneário serão interditadas a partir desta segunda para conter a dispersão da Covid-19.

Pierre Ricordeau, diretor-geral da autoridade de Saúde desta região francesa, disse à agência de notícias Reuters que o distanciamento social “provavelmente” não foi suficientemente respeitado no centro.

“Há infecções em todos os lugares, inclusive entre os não naturistas”, disse Ricordeau.

“A mensagem é a mesma para todos: use uma máscara, lave as mãos e pratique o distanciamento social, seja você um nudista ou não”, disse o líder da autoridade sanitária.

Após os testes, o prefeito da região (cargo equivalente ao governador) ordenou que as pessoas usassem máscaras dentro do balneário e proibiu reuniões de mais de 10 pessoas. Ele também pediu a quem estivesse planejando ir ao Village Cap d’Agde, para adiar seus planos de viagem.

Fonte: G1

Facebook Comments