Representantes de sindicatos da saúde se reúnem com deputados e não descartam greve geral em RO

Nesta terça-feira (03), o Sindicato Médico de Rondônia, juntamente com outras entidades da saúde do estado se reuniram com deputados estaduais Adailton Fúria, Dr. Neidson e Luizinho Goebel, membros da Comissão da Saúde da Assembleia Legislativa de Rondônia, para pedirem apoio referente às tratativas junto à Secretaria de Estado da Saúde (SESAU), Tribunal de Contas do Estado (TCE) e outros órgãos de controle.

Entre os assuntos debatidos estavam o encaminhamento do PCCR dos servidores e a defasagem nos honorários que chegam a quase 40%. Na oportunidade, representantes dos sindicatos disseram que servidores da saúde estão abandonados e não descartam uma greve geral.

“Pela primeira vez, sindicatos, conselhos e outras entidades da saúde se reúnem em favor dos servidores do estado que exercem seus ofícios arduamente em hospitais com péssimas condições de trabalho. Fazer um plantão de 12 horas em um hospital como o Pronto Socorro João Paulo II não é para qualquer um e precisamos de apoio para que nossos direitos sejam atendidos, explicou a doutora Flávia Lenzi, presidente do SIMERO.

Outra reunião extraordinária ficou marcada para esta quarta-feira (04), às 11 horas, na Assembleia Legislativa do Estado com deputados estaduais da comissão da saúde, representantes das entidades da saúde, bem como representantes do governo.

Fonte: Assessoria

Facebook Comments