O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB­AL), é alvo de oito inquéritos na Lava Jato
Os senadores Renan Calheiros (à esq.), Romero Jucá (centro) e Eduardo Braga
Os senadores Renan Calheiros (à esq.), Romero Jucá (centro) e Eduardo Braga

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir, em votação, pelo afastamento do presidente do Senado, Renan Calheiros, do cargo que ocupa na instituição. O motivo seria o fato de ele ser réu em processo no Supremo.

De acordo com a coluna Esplanada do jornal O Dia, Renan pode pagar o mesmo preço cobrado de Eduardo Cunha pela Rede, que impetrou ação na Corte questionando se um réu pode presidir uma instituição legislativa.

A ação de Renan ‘subiu’ para o plenário apenas dois dias após a encrenca verborrágica em que o senador se meteu, criticando juiz de 1ª instância.

Fonte: Notícias ao Minuto

Facebook Comments