Nesta terça-feira (20/10), através de um estudo para saber a eficácia das vacinas, o Reino Unido divulgou que planeja infectar pessoas, em um “ambiente controlado”,  para verificar a vacina para Covid-19. O governo britânico acredita que esse tipo de teste irá acelerar o desenvolvimento da vacina.

Os testes devem começar em janeiro de 2021, envolvendo 90 voluntários saudáveis entre 18 e 30 anos, que receberão previamente uma vacina candidata. Os voluntários serão monitorados para determinar possíveis efeitos colaterais e eficácia da vacina.

Após os testes no hospital, os voluntários serão avaliados por um período de um ano. No entanto, para realizar esses testes, será primeira necessária a aprovação dos reguladores.

O ministro de Negócios britânico, Alok Sharma, disse hoje que o governo “está fazendo tudo o que pode para combater o coronavírus, inclusive apoiando nossos melhores e mais brilhantes cientistas e pesquisadores em sua busca por uma vacina que seja segura e eficaz”.

“Para vacinas que estão nas fases finais de desenvolvimento e que já demonstraram ser seguras e eficazes nos estudos de Fase 3 (os últimos), os estudos de ‘desafio humano’ podem ajudar a compreender melhor se as vacinas previnem a transmissão”, disse o vice-diretor médico do governo, Jonathan Van-Tam.

Espera-se que os resultados dos testes sejam publicados somente em maio de 2021.

Fonte: Terça Livre

Facebook Comments