REFORMA ADMINISTRATIVA: QUEM SAI PARA DISPUTAR AS ELEIÇÕES DE 2014

 

Lúcio Mosquini, de azul e jeans e o governador em primeiro plano
Lúcio Mosquini, de azul e jeans e o governador em primeiro plano

A menos de dois meses do prazo para desincompatibilizações, apenas um auxiliar direto do governador de Rondônia, Confúcio Moura (PMDB),  tem manifestado claramente  interesse em disputar as eleições de 2014. Não é um mero auxiliar. Trata-se de Lúcio Antônio Mosquini, titular das pastas do Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes – DER e do Departamento de Obras e Serviços Públicos – Desop. O nome dele, inclusive, foi lembrado para disputar o governo, caso o chefe desistisse do pleito. Mas, Confúcio será candidato à reeleição e Mosquini, deverá escolher entre disputar a uma cadeira na Assembleia Legislativa ou Câmara Federal, sendo a última a mais cotada. É considerado o secretário mais forte da gestão peemedebista.

Emerson Castro: muito trabalho na Seduc
Emerson Castro: muito trabalho na Seduc

Outro nome lembrado com frequência é o do atual secretário da Educação (Seduc), Emerson Castro, que já foi vereador e vice-prefeito de Porto Velho. Castro disse ao +RO que no momento está empenhado em comandar a pasta da educação e não pensa em disputar nenhum cargo eletivo. “Hoje meu maior foco é em dar respostas na Seduc. Não creio que eu tenha tempo pra isso e me desincompatibilizar pra ser candidato”, disse.

O Secretário da Segurança Pública, Defesa e Cidadania – Sesdec, Marcelo Nascimento Bessa, reúne todos os pré-requisitos para uma disputa eleitoral. O governador aposta muito nele, após a deflagração da Operação Apocalipse que pôs fora de circulação uma quadrilha que estava instalada nas entranhas governo e nos poderes legislativo estadual e municipal.

O Superintendente do Turismo, Júlio Olivar, que sempre sai candidato, não definiu ainda. Atualmente está desenvolvendo projetos importantes na pasta.

Outro nome forte que deverá disputar uma vaga, tanto na ALE como na Câmara dos Deputados é o titular da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Desenvolvimento e Regularização Fundiária – Seagri, Evandro César Padovani. O trabalho dele tem sido muito elogiado pelo governador.

O ex-adjunto da SEDES, Allan França, também é dado como certo disputar as próximas eleições. França foi um dos coordenadores da campanha de Confúcio Moura em 2010.

Fonte: maisro.com (+RO)

 

 

 

 

 

 

Facebook Comments