Queiroz está incluído no pacto: “ninguém vai para a cadeia”, diz Eduardo Bolsonaro

“A gente fez um pacto: a gente não vai para a cadeia”, disse Eduardo  Bolsonaro, senador eleito e filho do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL). A declaração deve servir também para o assessor Fabrício Queiroz, que deu entrevista ontem ao SBT, na maior certeza da impunidade. O semblante de Queiroz, sumido há quase um mês após o COAF declarar que ele fez movimentações financeiras atípicas, é de tranquilidade. Sorriu e até fez piadinhas com a dedada no fiofó. Claro, tudo mentira, montado, ensaiado nos intervalos do programa a Praça É Nossa no SBT.

A entrevista foi concedida ao SBT, do amigo de Bolsonaro, Silvio Santos, famoso pelo bordão “quem quer dinheiro?”.

Como trata-se de uma lorota, Queiroz não lembrou o nome do hospital e nem do médico que deu a dedada nele. Como esquecer um momento tão especial como esse?

Como não poderia deixar de ser, a entrevista fake news gerou dezenas de memes. O jornalista Gilberto Dimenstein, do Catraca Livre até sugeriu a Bolsonaro que troque o economista Paulo Guedes pelo mascateiro Fabrício Queiroz, que entende de economia mais do que ninguém.

Fonte: Mais RO

Facebook Comments