Em Rondônia, a taxa de ocupação dos leitos de UTI destinados a pacientes suspeitos e confirmados com Covid-19 já somava 46,1% na quarta-feira (6), segundo dados que constam no painel de acompanhamento dos casos da Sesau. Há 36 pacientes internados, 10 com suspeitas e 26 confirmados. E os números tendem a crescer nos próximos dias. Há 42 leitos livres.

Ainda de acordo com o boletim, 58 pacientes estão internados. Dests, 55 são de Porto Velho, onde 17 estão no Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron), outros 17 no na Unidade de Assistência Médica Intensiva 24 horas (AMI 24h), 15 no Hospital Santa Marcelina e seis no Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro. Há, também, mais três pacientes internado no Hospital Regional de Cacoal.

O aumento vertiginoso do número de casos confirmados de coronavírus em Rondônia, em especial Porto Velho, é alarmante. Segundo o mais recente boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), 943 pessoas já foram diagnosticadas com Covid-19 no estado e 33 morreram.

Os 33 óbitos por Covid-19 são nas seguintes localidades:

Porto Velho – 24; Guajará-Mirim – 03; Ji-Paraná – 03; Campo Novo – 01
Cujubim – 01;  Rolim de Moura – 01

Já são 29 municípios rondonienses com registros de mortes por Covid-19. Os 943 casos confirmados para Covid-19 são nas seguintes localidades:

710 em Porto Velho;
95 em Ariquemes;
39 em Ji-Paraná;
18 em Urupá;
13 em Jaru;
10 em Ouro Preto do Oeste;
07 em Guajará-Mirim;
06 em Vilhena;
07 em Rolim de Moura;
05 em Candeias do Jamari;
04 em Alto Alegre dos Parecis;
04 em Governador Jorge Teixeira;
03 em Buritis;
03 em Cacoal;
02 em Alto Paraíso;
02 em Espigão do Oeste;
02 em Mirante da Serra;
02 em Nova Brasilândia do Oeste;
01 em Alta Floresta;
01 em Alvorada do Oeste
01 em Campo Novo;
01 em Cujubim;
01 em Itapuã do Oeste;
01 em Machadinho do Oeste
01 em Monte Negro
01 em Novo Horizonte do Oeste;
01 em Pimenta Bueno;
01 em Primavera de Rondônia;
01 em Vale do Anari.

O fato é que a população tem descumprido a medida de isolamento social, indo às ruas com a falsa sensação de estar imune à Covid-19, fato que tem contribuído diretamente no crescimento dos casos e tornado o cenário ainda mais preocupante.

Fonte: Mais RO

Facebook Comments