PT JÁ ADMITE CEDER VICE AO PMDB DE CONFÚCIO MOURA

Confúcio Moura, favorito
Confúcio Moura, pode ter um petista como vice

Em reunião realizada na sede do Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), na quinta-feira (12), a executiva, parlamentares e lideranças da legenda debateram o quadro de negociações de alianças até o momento e definiram as estratégias necessárias para consolidar a decisão do Encontro Estadual realizado no dia 17 de maio último. As alternativas hoje colocadas para o PT seriam três: a candidatura própria com Padre Ton ao governo, buscando trazer o máximo de partidos da base aliada da presidenta Dilma, sendo que esta opção tem a aceitação de mais de 90% da militância.
As outras duas alternativas seriam: uma composição oferecida pelo Partido Progressista (PP), em que o PT ocuparia a vaga de senado, alternativa que tem resistência por parte dos filiados.

PMDB

A terceira, seria uma aliança com o PMDB, em que PT poderia ocupar ou não a vaga de vice, opção que também não é vista com bons olhos pela maioria dos filiados. Em todas as três alternativas haveria várias possibilidades de coligações proporcionais de deputados estaduais e federais, que poderiam facilitar ou não a manutenção e ampliação das atuais bancadas na Assembléia Legislativa e na Câmara dos Deputados.
Diante da decisão do Encontro Estadual pela candidatura própria ao governo, a executiva decidiu intensificar as tratativas com todas as legendas do arco de aliança, oferecendo as vagas de vice, senador e suplente; além de abrir diálogo sobre possíveis formatações das coligações proporcionais de deputados, estaduais e federais, de forma a conquistar a maior adesão possível de outras legendas. A decisão final só será tomada mesmo na convenção oficial do partido, que será realizada no dia 29 de junho, em Porto Velho. Até lá o diálogo continua aberto com todos os partidos da base aliada do governo federal.

Fonte: Assessoria PT Rondônia

Facebook Comments