Programa “Remédio aqui em Casa” atendeu mais de 8 mil pacientes nos primeiros seis meses de 2024

0
41

Com o objetivo de oferecer acesso a medicamentos para pacientes com doenças crônicas, o Programa “Remédio aqui em Casa”, iniciativa do governo de Rondônia em parceria com a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios), atendeu nos primeiros seis meses de 2024, cerca de 8.054 pacientes, enviando remédios até a casa dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

O programa, lançado em 2017 pelo governo do estado em parceria com os Correios, é um dos serviços que a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), por meio da Coordenadoria de Gestão e Assistência Farmacêutica (CGAF) oferece. A distribuição de remédios acontece para pacientes crônicos do município de Porto Velho.

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha, o programa, além de proporcionar maior conforto e segurança para os pacientes e suas famílias, evita filas por procura de medicamentos no estado. “Os investimentos do governo em iniciativas que promovem a qualidade de vida, reflete o cuidado da gestão com o bem-estar da população”, ressaltou.

COMO ACESSAR O PROGRAMA

Para o usuário SUS que deseja acessar e ser um beneficiado do Programa “Remédio aqui em Casa”, é necessário se encaixar aos protocolos clínicos estabelecidos pelo Ministério da Saúde (MS), como documentos que estabelecem os critérios e mecanismos de controle clínico, acompanhamento e verificação dos resultados terapêuticos a serem seguidos pelos gestores do SUS.

Para saber se seu quadro de saúde encaixa com os protocolos clínicos, acesse https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/pcdt

A inscrição para o programa é feita no CGAF de Porto Velho, localizado na Rua Aparício Moraes, nº 4.338, Bairro Industrial. O usuário deve assinar o termo de aceite no momento do cadastro na farmácia especializada e estar com cópias do cartão SUS, comprovante de residência e documento de identificação, além dos laudos e receitas em mãos.

Sejundo o adjunto da Coordenadoria de Assistência Farmacêutica, João Paulo, o serviço é primordial para o conforto do paciente. “Com o acesso disponibilizado no programa, os pacientes economizam tempo e recursos financeiros,”pontuou.

De acordo com o titular da Sesau, Jefferson Rocha, o serviço leva a saúde até a casa de cada paciente. “O programa promove a comodidade para os pacientes não precisarem sair de casa. O remédio vai até a residência de cada um, para dar mais qualidade de vida,” afirmou.

Secom – Governo de Rondônia