PORTO VELHO- A professora universitária Marcele Pereira foi a vencedora, quinta-feira (6), da eleição para reitoria da Universidade Federal de Rondônia (UNIR), para o período de 2021 a 2025. A vitória dela foi acachapante, de lavada, obtendo 1.278 votos (48,83%).   Os demais candidatos obtiveram a seguinte votação:Marcelo Vergotti – 264, Delson Xavier – 189, José Ferrari – 66 e Cláudio Santini – 48.Total de votos: 2925.

A eleição na Unir ocorre em três etapas: consulta à comunidade acadêmica, ocorrida  quinta-feira, eleição da lista tríplice pelo Consun (Conselho Superior Universitário), finalmente, encaminhamento da lista para nomeação de um dentre os três pelo presidente da República.

“Quando uma mulher negra se movimenta, toda estrutura da sociedade se movimenta com ela”, disse Marcele Pereira,  emprestando a frase da Angela Davis, filósofa e ativista norte-americana que muito admira.

Marcele disse que desde que chegou na UNIR se movimentou para o fortalecimento das pautas que possam assegurar o amplo acesso à educação pública de qualidade e gratuita.

“Meu compromisso é aproximar a Universidade da sociedade, de Porto Velho a Vilhena, de Guajará Mirim a Rolim de Moura. Que os 8 campi estejam sempre de portas abertas para a comunidade e formando todos os anos novos profissionais e pesquisadores com excelência”, disse

Marcele Pereira, 41 anos, carioca, é professora de Museologia, formada em Portugal, com diploma revalidado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Segundo ela, a proposta de gestão é democrática, humana, descentralizada e transparente. Ela garantiu que na gestão dela todas as vozes serão ouvidas: “defendo e respeito a diversidade e a pluralidade dentro e fora do ambiente acadêmico. E defendo, sobretudo, a total autonomia da UNIR – Fundação Universidade Federal de Rondônia”.

Fonte: Mais RO e Unir

Facebook Comments