Professor diz em sala de aula que Bolsonaro mandou matar Marielle e crianças filmam (veja o vídeo)

As crianças da escola Waldemar Barroso, em Fortaleza (CE) tiveram uma aula de falta de educação e doutrinação política explícita, movida a calúnia.

Durante a aula, o tal de ‘professor Cristiano’, além de xingar o presidente Bolsonaro de ‘demônio’ e ‘cão’, acusou-o diretamente de ser o mandante da morte da vereadora carioca Marielle Franco.

O fato absurdo foi gravado discretamente por alunos durante essa manifestação do professor, e chegou às mãos do
deputado estadual André Fernandes, do PSL do Ceará, que fez a denúncia.

Confira o vídeo:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Facebook Comments