profEduardo Nunes, professor da Fundação Getulio Vargas e ex-presidente do IBGE, veio a Porto Velho para participar do “Fórum de Gestão” realizado pela Faculdade Porto/FGV, na última quinta-feira (22).

O economista, um dos palestrantes do evento, citou o contexto econômico de Rondônia ao público presente. “Notamos que no estado de Rondônia o ritmo de novos negócios e novos comércios aumentou exigindo que o mercado faça adaptações, que muitas vezes não são atendidas, contudo devemos admitir que, se há um aumento na demanda significa que houve maior circulação de verba provando que mesmo com a inflação alta, houve um aumento na renda dos trabalhadores”, relatou o professor.

De acordo com o especialista, as pessoas ainda fazem muita confusão na diferença entre inflação e custo de vida. “Em Economia esses dois conceitos são diferentes, produto caro não é inflação; produto caro é custo de vida caro; no Japão, Suíça ou Alemanha, tudo custa muito mais caro que no Brasil, nem por isso a inflação está mais alta que no Brasil, enquanto a inflação é a variação do valor do produto”, enfatizou Eduardo.

Para Augusto Pellucio, diretor executivo do Grupo Pellucio, a palestra do professor Eduardo trouxe à luz pontos relevantes da Economia em nosso país. “Estamos passando por momentos críticos no Brasil a palestra do professor Eduardo Nunes pode esclarecer dúvidas e aprofundar ainda mais nosso conhecimento na área da Economia”, concluiu Augusto.

Sobre Eduardo Pereira Nunes

Doutor em Economia pela Universidade Estadual de Campinas (SP) e Economista pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Eduardo é professor da FGV Management desde 1999 e ministra disciplinas de Economia Empresarial, Economia Aplicada, Economia Internacional, Macroeconomia e Cenários Econômicos. Sua experiência profissional inclui o cargo de presidente do IBGE (fevereiro de 2003 a setembro de 2011).

Facebook Comments