PRF registra três mortes e 18 acidentes no feriadão nas estradas de RO

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Rondônia encerrou, às 23h59 de segunda-feira (15), as atividades referentes à Operação Proclamação da República, iniciadas a meia-noite de sexta-feira (12).

No período, 1247 condutores de veículos foram abordados, 1924 pessoas passaram por procedimento de fiscalização detalhada. Na área criminal, 13 pessoas foram detidas, sendo seis por crimes de trânsito.

As operações de segurança viária resultaram em 954 autos de infração (multas), sendo os mais relevantes:

– Mortes: 3
– Alcoolemia: 18
– Cinto de segurança: 36
– Criança sem cadeirinha: 18
– Ultrapassagens: 97

Acidentes

A prevenção de condutas inadequadas no trânsito, baseada na estratégia de alocar viaturas em locais conhecidos por reincidência de infrações (ultrapassagens, excesso de velocidade, dentre outras) e acidentes de trânsito é um dos principais objetivos da PRF em operações continuadas.

Neste feriado houve registro de 18 acidentes, sendo que 21 pessoas ficaram feridas. Houve ainda o registro de três mortes. Sábado (13), em Pimenta Bueno, o passageiro de um veículo de passeio morreu após a colisão entre o veículo em que viajava e um caminhão; no domingo (14), dois motociclistas perderam a vida em razão de acidente de trânsito. Em Ji-Paraná, foi registrado um acidente entre uma motocicleta e um veículo utilitário e na mesma data, em Itapuã do Oeste, ocorreu uma colisão frontal entre uma motocicleta e um veículo de passeio.

Não houve comparação com o mesmo período de 2020, visto que, ano passado, em razão da pandemia, a Polícia Rodoviária Federal não realizou Operação no feriado de 15 de novembro. Com a chegada do mês de dezembro, a PRF iniciará diversas atividades relativas à segurança viária. No início do mês, será lançada a Operação Rodovida, que por mais de uma década tem por objetivo desenvolver ações durante o período de férias escolares, encerrando somente após o feriado de Carnaval. Outro ponto de atenção será o final de ano, no qual, em duas oportunidades (Natal e Ano Novo) há necessidade de ocupação estratégica das rodovias federais (BRs) com intuito de prevenir acidentes e preservar vidas.

Fonte: Com informações da PRF

Facebook Comments