A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realiza neste período de fim de ano em todas das estradas do Brasil, a operação ‘Rodovida’. A ação, que começa nesta sexta-feira (20), busca dar mais segurança nas rodovias e conscientizar os motoristas sobre a importância da educação e responsabilidade no trânsito.

Segundo a PRF, a operação seguirá até 1º de março de 2020 e abrangerá o período das férias escolares, festas de Natal, Ano Novo e Carnaval, feriados marcados pelo aumento no fluxo de veículos e de passageiros.

As ações de fiscalização da PRF terão como foco, entre outras prioridades, a embriaguez ao volante, as ultrapassagens proibidas e o uso do cinto de segurança. Também serão feitas fiscalizações específicas de caminhões e de motocicletas.

Operação Natal

A Operação Natal ocorrerá entre os dias 21 a 25 de dezembro de 2019. Nos últimos 3 anos a PRF registrou uma redução no número de acidentes nas rodovias federais durante o período de natal. Em 2019 a operação contará com 1 dia a mais que em 2018, mas o objetivo da instituição é ter números ainda melhores neste ano.

Orientações para uma viagem segura

Desobediência às normas de trânsito, desatenção, excesso de velocidade, ingestão de bebidas alcoólicas e ultrapassagens malsucedidas foram as principais causas dos acidentes fatais registrados pela PRF no decorrer de 2019.

Logo, respeitar os limites de velocidade, manter distância de segurança em relação aos demais veículos, ultrapassar apenas quando houver plenas condições de segurança, não desviar a atenção do trânsito e não dirigir após ingerir bebidas alcoólicas são algumas das principais orientações da PRF para reduzir o risco de acidentes.

A PRF também orienta os usuários de rodovias, mesmo antes de viagens curtas, a fazer uma revisão preventiva do veículo, o que inclui a checagem dos pneus, do sistema de iluminação, dos equipamentos obrigatórios, do nível do óleo e do radiador, entre outros itens fundamentais para funcionamento e segurança do veículo.

Também é fundamental planejar a viagem, buscando evitar, na medida do possível, os horários de pico (por exemplo, manhã de sábado, 21). Dirigir cansado ou com sono aumenta o risco de o motorista cometer erros. A cada três ou quatro horas de viagem, é recomendável uma pausa para descanso ou revezar a direção do veículo.

Facebook Comments