Quase 480 casos do novo coronavírus foram registrados entre detentos nas penitenciárias de Rondônia até a última quarta-feira (19), segundo a Secretaria de Estado da Justiça (Sejus). Dos 479 presos diagnosticados, 49 ainda estão doentes, sendo que dois estão internados. Dois óbitos foram registrados.

A cidade com o maior número de presos contaminados pelo vírus é Porto Velho, com 222 casos, seguida por: Guajará-Mirim (162), Jaru (49), Cacoal (23), Nova Mamoré (26), São Miguel do Guaporé (4) e Vilhena (3).

Outros 43 estão com sintomas da Covid-19 e esperam pelo resultado dos exames. De acordo com a secretaria, todos os apenados com suspeita da doença são isolados e passam por testes de tuberculose, malária e Covid.

 

Apesar de atingir mais a população privada de liberdade, a doença também fez vítimas entre os servidores do sistema penitenciário. A Sejus contabiliza 293 casos confirmados, sendo 34 ainda ativos, e seis mortes pelo vírus.

Fonte: G1

Facebook Comments