Presidente da Assembleia se irrita com mais uma fuga no presídio de Ariquemes

O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), usou a tribuna na sessão desta terça-feira (22), para manifestar sua insatisfação e tristeza com a situação do presídio de Ariquemes, que registrou mais uma fuga na semana passada e cobrou mais ação efetiva para evitar essa sequência de fugas na unidade prisional.

“São mais de 20 fugas em poucos anos, já virou piada o que acontece no presídio de Ariquemes. Superlotado, com mais de 200% acima de sua capacidade e com problemas estruturais. Sempre com promessas de melhorias, mas isso que não ocorre. É uma vergonha para toda a classe política de Rondônia, infelizmente”, denunciou.

Redano reconheceu os posicionamentos e as cobranças do deputado Adelino Follador (DEM), por melhorias para o presídio de Ariquemes. “Quero destacar o trabalho do promotor Tiago Lopes, que está sempre cobrando e inclusive com ações nesse sentido. Realmente é desanimador: lutar pela melhoria, mas nada avançar e é vergonhoso. O apelido é ‘hotel de férias’, pelo número elevado de fugas que acontecem”, completou.

De acordo com o parlamentar, “já cobramos do secretário de Justiça, Marcus Rito, mas nada se resolve, entra ano, sai ano e segue desse jeito: é preciso de gestão. São fugas simples, serram grades, cavam túneis. Esses dias estavam comemorando, pois estava há três meses sem fugas”, acrescentou.

O parlamentar disse ainda que “respeito o secretário Marcus Rito, sei que ele é qualificado para o cargo, mas infelizmente, está deixando a desejar, especialmente na questão do presídio de Ariquemes. É uma vergonha e deixo aqui esse desabafo”.

Por fim, Redano manifestou a sua descrença em solução para o problema. “Infelizmente, faço essa cobrança, sem muita esperança. Pois, foram muitas reuniões, audiências, promessas e nada avançou. Faço um apelo ao governador Marcos Rocha, para que possa tomar a frente nessa questão e dar um jeito, de imediato”.

Fonte: Assessoria

Facebook Comments