Se tudo ocorrer como o programado, ainda neste mês de junho a Prefeitura de Porto Velho deve inaugurar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do distrito de Jaci-Paraná, distante cerca de 90 quilômetros da capital rondoniense, sentido Acre. A determinação do prefeito Hildon Chaves é que o equipamento entre em funcionamento o quanto antes possível para atender a população.

Com cinco leitos de observação, sala de raio x, laboratório, ambulância e capacidade para 100 atendimentos diários, a unidade terá em cada plantão uma equipe composta por dois médicos (clinico geral), dois enfermeiros, cinco técnicos de enfermagem, um técnico de raio x, um técnico de laboratório, um biomédico, e dois servidores no administrativo. O funcionamento será 24 horas em todos os dias da semana.

“Falta só alguns detalhes na rede de gás medicinal e concluir a instalação de raio x. Os demais equipamentos e pessoal já estão praticamente completos. Em seguida, vamos estruturar uma base do Samu, onde já existe o espaço pronto para essa finalidade, uma base descentralizada. Falta pouco também, mas não vamos ter como inaugurar os dois serviços ao mesmo tempo”, explica o gerente da Divisão de Urgência e Emergência da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), Jocel Soares.

Reforma

Abandonado há quase uma década, o prédio da UPA de Jaci-Paraná foi todo reformado e ampliado, devido a um convênio da ordem de R$ 30 milhões entre o Município (na gestão de Hildon Chaves) e a Santo Antônio Energia, por conta da cota de elevação do reservatório da hidrelétrica.

O prefeito recebeu a nova estrutura no último dia 7 de abril e desde então o Município vem trabalhando ‘a todo vapor’ na montagem dos equipamentos e das equipes de profissionais para colocar a unidade em funcionamento.

Fonte: Assessoria

Facebook Comments