Prefeitura entrega UBS nova à comunidade de São Miguel

A Prefeitura de Porto Velho entregou, na última quinta-feira, 24, a nova Unidade Básica de Saúde da Família da comunidade de São Miguel, localizada na margem esquerda do rio Madeira, distante cerca de 43 km da área urbana da capital. A UBSF teve que ser toda reformada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) depois de ter sido invadida pela grande enchente do rio Madeira de 2014.

São mais de 300 famílias nas comunidades de São Miguel, Cujubim Grande e nos vilarejos ribeirinhos adjacentes de Mutuns e Bom Jardim. A expectativa é de que sejam feitos na unidade cerca de 20 atendimentos médicos diários. Entre os serviços prestados constam a aplicação de vacinas e a realização de exames laboratoriais que podem ser marcados com os agentes comunitários de saúde. Os serviços estarão disponíveis a partir desta segunda-feira, 28. Os exames laboratoriais serão realizados duas vezes por semana.

Ao fazer a entrega do equipamento público à população, o prefeito Mauro Nazif, falou da satisfação de devolver à comunidade uma unidade de saúde toda reestruturada. O prefeito elogiou ainda a iniciativa dos moradores de terem lutado para conseguir o benefício e lembrou que a população tem que ser atuante. “ A população é que sabe onde está o problema, então ela tem que instigar, tem que provocar o poder público para que ela tenha os benefícios que merece”, frisou.

O prefeito de Porto Velho também lembrou que a crise econômica do país tem feito com que áreas importantes como a educação e saúde sofram cortes de verbas por parte do governo federal, mas em Porto Velho está ocorrendo o contrário. “As obras que o município realiza são com recursos próprios mesmo com a redução de recursos. No país afora estados e municípios estão fechando postos de saúde, aqui estamos abrindo mais unidades de saúde para atender a população”, enfatizou.

Na situação atual, lembrou o prefeito, elencar prioridades é de primordial importância para a otimização dos gastos dos recursos do contribuinte. “Sabemos quem mais sofreu com a enchente foi o pessoal da área ribeirinha. E optamos por essa obra para mostrar que vocês são importantes para a prefeitura. Não tenho dúvida que essa unidade ficou melhor que a anterior, mas queremos que ela seja melhor também no acolhimento”, cobrou.

Domingo Sávio, secretário da Semusa, lembrou da situação em que ficou o prédio da antiga UBSF depois da enchente de 2014. Ele chegou a afirmar que dava tristeza de ver naquelas condições. “Hoje dá alegria de ver com prédio ficou. O servidor com uma boa condição de trabalho fica motivado para atender melhor a população”, disse.Na ocasião, domingos Sávio também anunciou a inauguração de outras unidades como as de Nova Floresta, Areal da Floresta, Socialista II, Flamboyant, Castanheiras, Três Marias, Lago do Cuniã, Demarcação e a Unidade de Pronto Atendimento de Jaci-Paraná (UPA 24h).


Texto  Joel Elias | Fotos  Roseval Guzo

Facebook Comments