O Prefeito de Porto Velho, Mauro Nazif, e os secretários municipais de Obras, Gilson Nazif, e de Transportes e Trânsito, Antônio Jorge dos Santos (Jorjão), reuniram-se com representantes do comércio da região central para tratar do projeto de revitalização da avenida Carlos Gomes. A reunião foi na sexta-feira (03), na sede da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado (Fecomércio/RO).

Em reuniões anteriores, os empresários apresentaram uma proposta para melhorar a infraestrutura da via, ampliando a trafegabilidade e garantindo mobilidade para pedestres, além da implantação de estacionamento obliquo, iluminação adequada e arborização. Tudo para tornar a Avenida mais atrativa para o consumidor.

“Vimos que vários pontos avançaram: a questão da limpeza, asfalto, iluminação em LED, sinalização e temos um ponto, que é muito importante e que foi pedido pelos comerciantes, que foi o estacionamento obliquo. Trabalhamos quatro transversais da Carlos Gomes, sendo da Jorge Teixeira até a João Goulart e apresentamos a proposta de toda a revitalização da Duque de Caxias. Está não é uma obra simples. E temos todo o projeto pronto, já em fase licitatória acontecendo. Essas mudanças estamos fazendo em um momento muito difícil do município e mais difícil ainda do país. E nós estamos com folha de pagamento dos servidores e pagamento dos fornecedores em dia. O município hoje é um polo gerador de empregos”, conta Mauro Nazif.

Segundo explicou o titular da Semob, devido  à complexidade do projeto, a execução leva um certo tempo. “Quando abrimos licitação esperamos que tudo ocorra logo. Porém quem perde e é desclassificado por falta de documento e acha que está certo entra pedindo mais prazo e isso acaba retardando o resultado final da licitação. Infelizmente, como poder público, temos que cumprir o prazo que a lei obriga. E pode até demorar um pouco, mas tudo o que foi prometido até agora estamos cumprindo. Quanto ao estacionamento obliquo, vamos tentar equilibrar os pedidos dos empresários com o dos moradores e demais pessoas que ali circulam, no sentido de deixar todos satisfeitos”, disse Gilson.

Com a necessidade de avaliar o projeto e ouvir as partes interessadas, ficou acordado que o grupo se reunirá novamente, na próxima segunda-feira (6), juntamente com representantes da Empresa de Desenvolvimento Urbano (Emdur) e da Secretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb) para analisar o projeto. Na quarta-feira (8), o grupo se reúne com empresários e técnicos da Semtran.

 Por Rebeca Barca | Fotos Frank Néry

 

Facebook Comments