Prefeito anuncia reforma e ampliação de unidades de saúde em Porto Velho

Depois de determinar no início da semana a contratação emergencial de profissionais na área da saúde para agilizar o atendimento da população, o prefeito Hildon Chaves anunciou na manhã de sexta-feira (22), um pacote de obras que vai contemplar reforma e ampliação de unidades de saúde, tanto da zona urbana como da zona rural.

Ao conceder entrevista coletiva no Prédio do Relógio (sede do poder Executivo), Hildon Chaves apresentou quais serão as unidades beneficiadas e o montante dos recursos que será aplicado nessa nova medida da sua gestão para melhorar a saúde da capital.

“Depois de aumentarmos significativamente a frota de ambulâncias da rede municipal de saúde, entregar veículos, mobiliários e equipamentos para unidades de saúde, temos a satisfação de anunciar mais um esforço da nossa administração para melhorar a prestação dos serviços de saúde à população portovelhense”, frisou o chefe do Executivo.

Unidades contempladas

O cronograma de reforma das unidades de saúde está divido em quatro etapas que será cumprido até o início do próximo ano. As obras contemplam instalações elétricas, hidráulicas, sanitárias, acessibilidade, cobertura e acabamento. O projeto está em fase administrativa para encaminhamento para licitação.

A primeira etapa prevê oito projetos de reformas beneficiando a Unidade de Saúde Ronaldo Aragão no valor de – R$118.018,00 ; Unidade de saúde Ernandes Coutinho no valor de R$ 249.988,00; Unidade de Saúde Hamilton Gondim no valor de R$ 694.462,01; Unidade de Saúde Aponiã no valor de R$ 181.975,00; Unidade de Saúde Abunã no valor de R$ 312.916,79; Unidade de Saúde Palmares no valor de R$ 309.130,24; Unidade de Saúde Nova Califórnia, no valor de R$ 373.026,00 e Posto de Saúde Morrinhos no valor de R$ 279.210,44.

O valor total desse primeiro lote de reformas é de R$ 2.518.726,48 sendo R$ 1.759.976,00 de emenda parlamentar do ex–deputado Lindomar Garçom e contrapartida da Prefeitura Municipal no valor de R$ 758.750,48.

A segunda etapa prevê três projetos de reforma e ampliação no qual serão contempladas UPA Sul, Upa Leste e Maternidade Municipal Mãe Esperança. O projeto da UPA Sul está pronto para abertura de licitação e ficou num valor estimado em R$ 1.800.000,00 em recursos próprios do Município.

O projeto da UPA Leste está pronto e será encaminhado para licitação com valor de aproximadamente de R$ 1.500.000,00 sendo recursos próprios da Prefeitura. O projeto de reforma e ampliação da Maternidade Mãe Esperança está pronto e se encontra em órgãos competentes como Corpo de Bombeiros para aprovação do mesmo. O valor da obra é aproximadamente R$ 5.000.000,00 – com recursos próprios do Município.

Na terceira etapa serão contempladas a Unidade de Saúde São Sebastião com valor aproximadamente de R$ 164.195,00; Unidade de Saúde Pedacinho de Chão orçado em R$ R$ 335.142,00 e Unidade de Saúde Vista Alegre do Abunã , cujo valor é R$ 499.988,00.
O valor total das melhorias nessas três unidades é de aproximadamente R$ 1.000.000,00. Os recursos são de emenda parlamentar do ex – deputado Lindomar Garçom (R$ 699.325,00) com contrapartidas da Prefeitura Municipal (R$ 300.000,00).

A quarta etapa prevê a reforma de quatro unidades de saúde que são: Unidade de Saúde Socialista no valor de R$ 487.893,00; Unidade de Saúde Manoel Amorim de Matos no valor de R$ 487.893,00; Unidade de Saúde União Bandeirantes no valor de R$ 435.398,00 e Unidade de Saúde Benjamin Silva no valor de R$ 487.893,00 totalizando aproximadamente R$ 2.000.000,00. Essas obras serão realizadas também com recursos de emenda parlamentar do ex–deputado Lindomar Garçom (R$ 1.899.077,00) com contrapartidas da Prefeitura Municipal.

Uma das unidades de saúde mais completas da capital em termos de serviços prestados à comunidade, a Policlínica Dr. Rafael Vaz e Silva também será reformada e ampliada. As melhorias estão orçadas em R$ 1.753.478,53. Os recursos serão também de emenda parlamentar do ex-deputado Lindomar Garçom com contrapartida do município.

Fonte: Comdecom

Facebook Comments