Faltam apenas seis dias para o início da 3ª Feira de Negócios e Tecnologia Rurais Sustentáveis (Portoagro). O evento, que, em quatro dias, promete movimentar mais de R$ 100 milhões em créditos para o setor primário da capital e dos municípios vizinhos, inicia na próxima quarta-feira, 29, no espaço ao lado da Embrapa, no km 5,5 da BR-364, sentido Cuiabá.

Para ter acesso ao crédito, basta o produtor ter declaração de aptidão que é emitida pelo Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar). Os créditos são liberados com juros de 2,5% a 4,6%. O Pronaf Floresta, que era de R$ 30 mil, passou para R$ 60 mil, com juro de dois e meio por cento ao ano, e o produtor não necessita de avalista nem de garantias para contratar o crédito.

Além de fomentar o agronegócio, aproximando o produtor às tecnologias e inovações do mercado, a Portoagro, pela primeira vez, terá espaço exclusivo ao público acadêmico, com a realização de palestras, vitrines tecnológicas, visitas guiadas e exposição de trabalhos científicos.

A feira também apresentará avanços tecnológicos através do programa Pró-Genética, que é voltado ao melhoramento do rebanho, contribuindo para o aumento da produção sustentável de carne e leite de origem bovina. O Pró-Genética é um programa concebido pela Associação Brasileira de Criadores de Zebu (ABCZ), com objetivo de aumentar a produção de carne e leite nas pequenas e médias propriedades rurais, através do uso de touros melhoradores.

Comdecom

Facebook Comments