confucio-chicoribeiro-01-570x338Porto Velho sedia a partir de hoje e amanhã, o 11º Fórum de Governadores do Brasil Central, o quinto deste ano. A abertura do evento foi aberto às 14h30  no Palácio Rio Madeira, com a participação de secretários de Estado. Estão previstas reuniões do Conselho de Administração e das Câmaras Técnicas de Educação, Turismo e Saúde. O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), preside o fórum.

O primeiro dia do evento será marcado pela instalação das câmaras técnicas de Turismo, Saúde e Negócios e pelo debate no âmbito da câmara temática de Educação. As reuniões serão realizadas de forma paralela.  O debate sobre Turismo será no Gabinete da Casa Civil, 7º andar; sobre saúde na sala de reunião da Casa Militar, 8º andar; e Educação no gabinete do vice-governador, 8º andar.

O secretário de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog), George Braga, destaca o debate sobre a economia e integração dos estados na busca de um mercado comum. “A ideia é identificar nossas fortalezas, buscar integrar as novas tecnologias existentes, estudar a balança comercial dos estados procurando alternativas para melhorar a demanda e oferta dos produtos e fortalecer o mercado comum na buscar de estratégias viáveis de exportação, melhorando o relacionamento de compra e venda com outros países. O objetivo será debater o fortalecimento do comércio interno e ampliar o comércio externo”, explicou o secretário.

O momento em que serão abordados os temas citados pelo secretário será na reunião do Conselho de Administração, a ser realizada no auditório Governador Jerônimo Santana, 9º andar. Também serão debatidos as metas mobilizadoras do 2º semestre de 2016 com o desdobramento das ações definidas e apresentações de mercadorias de Rondônia às demais Unidades da Federação. Durante a reunião serão realizadas as discussões e encaminhamentos acerca das deliberações das Câmaras de Turismo, Educação e Saúde à Assembleia de Governadores, que será realizada na próxima sexta-feira (07), no último dia do evento, com a presença dos governadores Confúcio Moura (RO), Marconi Perillo (GO), Reinaldo Azambuja (MS), Marcelo Miranda (TO), Pedro Taques (MT) e Rodrigo Rollemberg (DF).

A reforma do Ensino Médio, proposta pelo Governo Federal, será um dos temas debatidos pelos governadores da região. O secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Rossieli Soares, participará do encontro para falar sobre as mudanças previstas na medida provisória que está em discussão no Congresso Nacional, como o aumento da jornada. O presidente do Instituto Ayrton Senna, Mozart Ramos, contribuirá com a discussão.

Uma possível parceria a ser firmada com o Hospital Sírio Libanês também será discutida com o diretor geral do Instituto de Responsabilidade Social do Hospital Sírio Libanês, Dr. Antônio Carlos Onofre de Lira. Na reunião, o professor da Universidade Federal de Rondônia (UFR), Ednaldo Lira Cavalcante, apresentará ainda um sistema de informação para monitoramento da dengue que poderá ser compartilhado em os Estados.

“O Consórcio Brasil Central já se firmou como o fórum de avaliação e discussão dos assuntos administrativos e políticos que mais preocupam o País. Estamos pautando e definindo a direção dos grandes debates nacionais”, afirma Marconi. “A situação fiscal dos Estados, o desafio da segurança pública e os investimentos em educação e em saúde são temas permanentes no Consórcio e as diretrizes e propostas definidas pelo Brasil Central têm sido incorporadas pelas demais unidades da federação”, diz o governador.

Facebook Comments