Porto Velho-Com 69 óbitos oficiais alcançados até ontem, Porto velho, com 49 e Guajará-Mirim com 11, lideram o ranking de vítimas fatalizadas pela Covid-19 em Rondônia com 86% das mortes. O drama maior é A quase totalidade dos leitos de UTI ocupada, o que provocará mais mortes se não houver lockdown imediatamente. O Mais RO tem publicado a evolução da doença em Rondônia, que mostra que o nosso Estado pode estar entrando na fase de crescimento acelerado/descontrolado do coronavírus, o que poderá resultar em uma tragédia semelhante ao que já acontece, há algum tempo, em Manaus, Belém e outras capitais.

Foi mantida a tendência de aumento mais acelerado da contaminação pelo coronavírus, e de mortes, nas últimas 24 horas em Rondônia

BOLETIM INFORMATIVO – 16/05/2020 – CORONAVÍRUS EM RO/PVH A PARTIR DE 26/04 *

O Boletim oficial da SESAU informou neste dia 16/05 que houve 124 novos casos nas últimas 24 horas, um aumento de 7% em um dia. Já no número de mortes o aumento foi ainda maior, com 7 novos óbitos, mais 11% em 24 horas, planilha anexo.

A análise dos dados mais recentes mostra que podemos estar entrando na fase de crescimento acelerado/descontrolado do coronavírus em Rondônia.

Basta observar que nos últimos 6 dias, de 11 a 16 maio, houve 616 casos, uma média de 103 novos casos/dia. Já nas últimas 48 horas houve 108 casos em 15/05 e 124 em 16/05, portanto, aumentando acima da média de 103/dia, considerando o período de 11/05 a 16/05.

VEJA ABAIXO OS NÚMEROS E PERCENTUAIS DE 26/04/2020 À 16/05/2020 – 20 DIAS

– 1.554 novos casos de infectados no Estado a partir 27/04, crescimento de 364 para 1.918, um aumento de 426,92%; já o número de mortes aumentou de 10 para 69 ou 590% a mais.

– 1.214 novos casos de infectados em Porto Velho no mesmo período: subiu de 260 para 1.474, um aumento de 466,92%.

* A planilha anexa – de responsabilidade da coluna “Reticências Políticas” – considera a evolução do coronavírus a partir do Decreto do governador de 26/04/2020, que liberou o comércio em geral, com poucas exceções como shoppings.

No sábado (16), foram consolidados os seguintes resultados para Covid-19 em Rondônia:

Casos confirmados – 1.918
Pacientes recuperados – 738
Óbitos – 69
Pacientes internados na Rede Pública de Saúde – 144
Pacientes internados na Rede Particular – 68
Testes Realizados – 7.877
Aguardando resultados do Lacen – 425

CONFIRMADOS POR MUNICÍPIOS

Os 1.918 casos confirmados para Covid-19 são nas seguintes localidades:

1.474 em Porto Velho
149 em Ariquemes
47 em Ji-Paraná
33 em Guajará-Mirim
30 em Cacoal
25 em Jaru
21 em Urupá
19 em Ouro Preto do Oeste
18 em Candeias do Jamari
15 em Vilhena
13 em Mirante da Serra
10 em Rolim de Moura
6 em Cujubim
5 em Alto Paraíso
5 em Buritis
5 em Nova Mamoré
5 em Primavera de Rondônia
4 em Governador Jorge Teixeira
4 em Alto Alegre dos Parecis
4 em Pimenta Bueno
3 em Nova Brasilândia
3 em Espigão d’Oeste
2 em Machadinho do Oeste
2 em Vale do Anari
2 em Novo Horizonte
2 em Santa Luzia do Oeste
2 em Alvorada do Oeste
2 em Itapuã do Oeste
2 em Theobroma
2 em Cacaulândia
1 em São Miguel do Guaporé
1 em Campo Novo
1 em São Felipe d’Oeste
1 em Alta Floresta

No sábado (16), foram confirmados 125 novos casos de Covid-19 em Rondônia, destes  99 em Porto Velho, cinco em Ariquemes, quatro em Guajará-Mirim, quatro em Ouro Preto do Oeste, quatro em Candeias do Jamari, dois em Nova Mamoré, um em Ji-Paraná, um em Cujubim, um em Buritis, um em Cacaulândia, um em Primavera de Rondônia, um em Pimenta Bueno, um em Espigão do Oeste.

ÓBITOS POR MUNICÍPIOS

Os 69 óbitos por Covid-19 são nas seguintes localidades:

Porto Velho –49
Guajará-Mirim – 11
Ji-Paraná – 3
Campo Novo – 1
Cujubim – 1
Rolim de Moura – 1
Mirante da Serra – 1
Alto Paraíso – 1
Buritis – 1

Hoje (16) foram confirmados sete óbitos, sendo cinco em Porto Velho, uma mulher de 67 anos, e quatro homens de 49, 69, 71 e 89. E dois óbitos em Guajará-Mirim, sendo dois homens de 29 e 64 anos.

A Agevisa ressalta que os dados não são lidos e atualizados imediatamente pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs), por isso há atraso (delay) no registro de casos que estão sendo acompanhados diariamente por equipes de saúde nos municípios.

Veja AQUI   o mapa atualizado em todos os municípios de Rondônia

Fontes: Mais RO com informações da Sesau-RO e Reticências Políticas (Itamar Ferreira)

Facebook Comments