Câmera instalada na avenida Pinheiro Machado

Câmera instalada na avenida Pinheiro Machado
Câmera instalada na avenida Pinheiro Machado

Para atuar nos pontos de maior vulnerabilidade, a Secretaria de Segurança Pública, Defesa e Cidadania (Sesdec) assinou acordo de cooperação técnica com a Secretaria Nacional de Segurança Pública se credenciando para capacitar profissionais de várias unidades militares como multiplicadores do programa “Crack, é possível vencer” e receber veículos e equipamentos. A Coordenadoria Estadual de Polícia Comunitária, instalada na Sesdec, capacitou recentemente 75 policiais militares para multiplicadores.

Financiado com recursos do governo federal, o programa tem dentre outras metas, a de prevenir o uso e promover a atenção integral ao usuário de crack e seus familiares, por intermédio da instalação de Base Móvel Comunitária com circuito de câmeras para videomonitoramento em cidades com mais de 500 mil habitantes.

Porto Velho contará com duas dessas bases. Uma na área de atuação do 1º Batalhão da PM proximidades da Praça da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré e Cai N’Água, onde já foram instalados 19 postes e câmeras de vídeo monitoramento. A instalação das torres de rádio para transmissão das imagens também está em fase de conclusão. Para a outra, na jurisdição do 5º Batalhão da Polícia Militar, próximo à rodoviária, os equipamentos estão em processo de licitação em Brasília.

A primeira Base Móvel está em fase de conclusão e recebeu também dois carros modelo Fiesta Sedam, duas motocicletas com equipamentos individuais, 50 pistolas de condutividade elétrica e espargidores de pimenta (gel e espuma), equipamentos da central de comando e controle, montada sobre um micro-ônibus, com câmera de videomonitoramento independente e que facilitam as atividades de monitoramento de imagens captadas nos pontos de maior vulnerabilidade.

Fonte
Texto: Abdoral Cardoso e Arian Oliveira
Decom – Governo de Rondônia

Facebook Comments