Saída para o Pacífico. Um projeto que nasceu na Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (FIERO), pelo então presidente Miguel de Souza, concretizou nesta sexta-feira, 7, com a inauguração da ponte sobre o Rio Madeira, em Abunã, com a presença de diversas autoridades, entre elas o presidente da República, Jair Bolsonaro. A comitiva da FIERO foi composta pelo presidente, Marcelo Thomé, pela conselheira e vice-presidente de assuntos da micro e pequena indústria, Cida Mourão.

A liberação da ponte significa a redução de tempo das viagens e consequentemente, o barateamento de frete, o que pode incrementar ainda mais os negócios com os países andinos. “A conclusão da ponte sobre o Rio Madeira é a última obra estruturante que faltava para a definitiva conexão para o Pacífico”, afirmou Thomé.

De acordo com o presidente da FIERO, são diversas possibilidades que a obra trará para a região. “Umas delas é a ligação de Porto Velho com Porto Velho, já que a Ponta do Abunã pertence ao município, e acredito que para os moradores da região, será transformador, pois esta população não dependerá da balsa para ter acesso à sede do município e que permitirá o avanço na agenda do desenvolvimento”, disse.

Para a conselheira e vice-presidente de assuntos da micro e pequena indústria, Cida Mourão, que também preside o Sindicato das Indústrias do Vestuário do Estado de Rondônia (SINDIVEST), o ato de inauguração da ponte se torna uma data histórica. “Um momento que realizou um sonho de mais de 30 anos da nossa Federação, para viabilizar o transporte e a logística não só de um estado para o outro, mas como para outros países. Nossa economia e a do Acre ficam mais fortalecidas. Aproveito para agradecer o presidente Marcelo Thomé por ter me convidado para participar deste momento importante do nosso Estado”, frisou. Com relação aos negócios, Cida Mourão enfatizou que agora é a hora dos empresários se atentarem, pois o caminho ficou mais curto, barateando os custos com a logística.

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Acre (FIEAC), Adriano Ribeiro, comentou sobre o excelente relacionamento que se mantém com Rondônia, que sempre foi um parceiro nessa luta para a realização da obra da ponte. “A conclusão da ponte é a conclusão de um sonho não só do setor industrial, mas de toda a população do nosso estado”, considerou.

BR-319

Para consolidar de vez a integração dos estados do Norte, Marcelo Thomé enfatizou ser necessária a conclusão da BR-319, que faz a ligação de Manaus com Rondônia, e consequentemente, com os demais estados do Brasil. “Esperamos em breve também contar com a reinauguração desta rodovia, que é mais uma bandeira de infraestrutura para Rondônia e região”, comentou.

E sobre esta importante obra de integração, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou que a agenda na região Norte não para com a inauguração da ponte em Abunã. “O governo federal está interiorizando as obras, está olhando para todos os estados, olhando para Rondônia e para o Acre”, disse.

O ministro falou da importância das bancadas federais dos estados do Norte que mostram as deficiências, necessidades e as urgências de cada região. “Celebramos a união do Executivo e do Legislativo, e agora vamos partir para a conclusão da recuperação da BR-319, que consolidará de vez a ligação do Amazonas com o restante do país”, ponderou.

Fonte: Assessoria

Facebook Comments