Policiais penais de Porto Velho pedem socorro: abandonados e sem assistência contra a Covid-19

PORTO VELHO- Não bastassem a falta de apoio, de salários compatíveis e de equipamentos de segurança, os policiais penais lotados nos presídios em Porto Velho estão desesperados, pedindo socorro. Policiais penais do Urso Branco, Panda, Ênio Pinheiro e Aruanã estão contraindo a Covid-19, mas não estão recebendo assistência.

O Mais RO recebeu denúncia de que pelo menos uns 30 estão correndo sério risco de vida. Um policial penal, que está com os sintomas da Covid-19, tentou falar com a Gerência de Saúde da Sejus, mas recebeu apenas um aviso no Whatsapp. Ouça o áudio e veja a resposta no print abaixo:

Fonte: Mais RO