PMB, o partido de supremacia masculina em Rondônia

0
494
Presidente do PMB, Suêd Haidar


PORTO VELHO- Criado pela maranhense Suêd Haidar, mulher, negra, mãe, o PMB é um partido de centro, que pretende impulsionar a política nacional de forma a determinar a busca dos seus principais eixos de luta como a valorização social, moral, profissional e política da mulher, bem como a integração da sociedade, visando alcançar por meio de medidas econômicas, sociais e políticas, o desenvolvimento nacional sem o caráter excludente e/ou discriminatório de quem quer que seja. Menos em Rondônia.

O Partido da Mulher Brasileira nestas eleições terá raríssimas representantes do sexo feminino, como não era de esperar. Senão, vejamos. O candidato a governador e a vice, são homens: “Comendador” Valclei Queiroz e Anderson Cleito, respectivamente. Ao Senado, são dois homens! Josenir Dettoni e Terrinha. Sendo que apenas Dettoni ousou colocar duas mulheres como suplentes: Maria Carrelli e Verônica Paema. Já o Terrinha só colocou homens como suplentes.

Para deputada federal, apenas uma mulher: Elene Braz. Para estadual, três: Elane Borges, Francisca Augusta e Wall Kaciana.

Facebook Comments