Um policial militar, identificado como Daniel Piauí, atirou duas vezes contra a mulher, Suelma Sousa, 32 anos. O crime ocorreu na manhã dessa quinta-feira (09/01/2020), em Osasco, São Paulo. Logo depois de tirar a vida da companheira, o autor do crime se matou. As informações são do portal G1.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), a arma usada no crime pertence à Polícia Militar. Daniel entrou recentemente na corporação.

Segundo relatos de familiares e vizinhos do casal, Suelma e Daniel tiveram uma discussão durante a madrugada do crime. A vítima teria descoberto que Daniel a traiu.

O casal deixa um filho, que não estava na casa no momento da discussão. O caso foi registrado como feminicídio no 10º Distrito Policial de Osasco.

Facebook Comments