Aglomeração de pessoas ocorria em uma cachoeira de Ariquemes, RO — Foto: Google/Reprodução

Cerca de 100 pessoas foram flagradas tomando banho na cachoeira de um balneário de Ariquemes (RO). Ao todo, cinco homens foram denunciados por serem os organizadores do encontro, promovido no domingo (14), onde causou aglomeração e ‘infringiu a determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação da Covid-19‘. Segundo a Polícia Militar (PM), até crianças foram levadas para o local.

Segundo boletim de ocorrência, a guarnição foi acionada por um denunciante para comparecer na Cachoeira Madalena, localizada na Linha C 70, pois no local estaria ocorrendo uma aglomeração.

Quando chegaram no balneário, na zona rural, a PM afirma ter encontrado aproximadamente 100 pessoas, entre adultos e crianças.

Para dispersar o público rapidamente do balneário, a polícia qualificou cinco homens por supostamente serem os responsáveis pelo encontro no balneário.

“Outras pessoas foram qualificadas através de vídeo para que a autoridade pública possa ter conhecimento e controle das pessoas envolvidas naquela atividade de potencial proliferação viral”, diz a PM.

O decreto nº 25.04 de calamidade pública, que proíbe aglomerações de pessoas em Rondônia, está em vigor desde 14 de maio. A determinação do governo visa frear o avanço do novo coronavírus.

Entre as medidas previstas no documento, o Estado estende a suspensão das aulas na rede estadual, pública e privada de ensino até 30 de junho.

Fonte: G1

Facebook Comments