Apesar de a construtora ter dito que imóveis foram vendidos rapidamente, jornal afirma que ‘dez famílias se mudaram para o local’. Baixa taxa de ocupação se deve à presença de muitos mosquitos, que se proliferam por causa da vegetação.

Os prédios “vegetalizados” de um conjunto residencial no sudoeste da China, com plantas exuberantes nas varandas dos apartamentos, estão sendo cobertos com sua própria vegetação.

O complexo de oito edifícios experimentais foi construído em 2018 na grande cidade de Chengdu, capital da província de Sichuan.

Mas o que foi um sucesso de vendas – os 826 apartamentos disponíveis foram vendidos muito rapidamente, segundo o site da incorporadora – virou uma dor de cabeça para os proprietários.

Apartamentos com varandas cobertas por plantas em conjunto residencial em Chengdu, província de Sichuan, no sudoeste da China - 3/8/2020 — Foto: AFP

Mosquitos demais

De acordo com o jornal “Global Times”, apenas 10 famílias se mudaram para o local. Isso porque a densa vegetação trouxe também muitos mosquitos.

A falta de moradores pode explicar as imagens dos edifícios feitas em setembro.

Apartamentos com varandas cobertas por plantas em conjunto residencial em Chengdu, província de Sichuan, no sudoeste da China - 3/8/2020 — Foto: AFP

Fonte: G1

Por France Presse

Facebook Comments