PL da grilagem gera novas ameaças de boicote ao Brasil

Carta enviada em maio recebe apoio de nove gigantes do varejo e produção de alimentos do Reino Unido e da Holanda
Uma carta de empresários europeus ao congresso brasileiro alertando para não aprovarem o PL da grilagem acaba de ganhar a adesão de mais empresas do Reino Unido e da Holanda:
Nando’s,
Albert Heijn
Aquascot (produtor de salmão)
Centraal Bureau Levensmiddelenhandel (CBL)
C.I.V. Superunie B.A.
Jumbo Supermarkten B.V.
Nevedi (ração animal)
Ocado
Woolworths Group
Em maio, 38 grandes supermercados e produtores de alimentos britânicos e europeus já tinham enviado ao Congresso Nacional uma carta com ameaças de boicote caso o PL510/21 fosse aprovado. Segundo os empresários, a nova lei levaria a um desmatamento maior da Floresta Amazônica e de outros biomas.
Tanto o PL 510/2021, que tramita no Senado, quanto o PL 2633/2020, que tramita na Câmara dos Deputados, buscam legalizar a grilagem de terras. O requerimento para tornar o PL 2633/2000 pauta urgente foi aprovado com folga na sessão plenária desta terça-feira (13), por 330 votos a favor e 109 contrários. O fato de o assunto tramitar duplamente no Congresso mostra que a aprovação da matéria é provável.
A carta publicada em maio e que recebeu novas adesões hoje está disponível aqui: : https://www.retailsoygroup.org/wp-content/uploads/2021/05/Letter-from-Business-on-Amazon_2021.pdf
Facebook Comments