Pequeno produtor recebe orientação em projeto da Emater-RO e planta dois hectares de açaí e produz três toneladas de pirarucu

PIRA5A vida do hoje produtor rural Domingos Mendes da Silva não era nada fácil. Tanto que ele morava com a família em um assentamento de Porto Velho, capital de Rondônia. Há três anos, ele foi apresentado ao projeto Piraçaí. Com a orientação de profissionais da Emater-RO, Silva aprendeu a criar pirarucu da Amazônia em tanques de lona.

Hoje, ele tem capacidade para lidar com mais de 1.200 peixes simultaneamente e chega a produzir três toneladas de carne por ciclo, que dura de 12 a 18 meses. Além disso, mantém uma lavoura de açaí com dois hectares. O sistema é tão bem resolvido que o agricultor toca a produção acompanhado apenas por sua mulher e seu filho.

“Esse sistema de tanque-lona é muito bom porque, além de fazer a criação do peixe, aproveita toda a água para fazer irrigação de qualquer tipo de plantação. No nosso caso, de açaí”, diz o produtor.

A Emater-RO atende a 50 mil produtores no estado. Os principais projetos são de agroecologia, pecuária de leite e peixes. Rondônia produz hoje 80 mil toneladas de pescado por ano. Em 2010, eram apenas 12 mil toneladas.

Segundo o órgão, o acesso ao crédito no estado é descomplicado, o que ajuda bastante no processo. “Temos uma parceria muito forte com bancos e há a disponibilização de recursos na ordem de R$ 1 bilhão. No estado, o crédito rural flui muito bem, sem ter nenhum problema na liberação desses recursos”, diz Luiz Gomes Furtado, diretor-presidente da Emater-RO.

Nos últimos três anos, Silva investiu um total de R$ 200 mil na sua propriedade. Desse montante, R$ 96 mil foram financiados pelo Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar). O dinheiro ajudou, mas foi potencializado com os conhecimentos que o produtor recebeu.

“Eu tinha o sonho de criar peixe, mas não sabia nem por onde começar. Veio a assistência técnica trazendo os conhecimentos e orientações necessárias. E aí a gente deu inicio ao que estamos fazendo agora”, afirma Silva.

Facebook Comments