PEC 206 é um retrocesso para as universidades públicas, diz Samuel Costa

0
169

 

O advogado e pré candidato a deputado federal Samuel Costa (PCdoB) tem feito vários alertas nas entrevistas que têm concedido à imprensa do interior do Estado de Rondônia e da capital com relação à PEC 206, que propõe cobrança de mensalidade em universidades públicas.
A proposta atualmente está na CCJ da Câmara Federal, e é de autoria do general Paternelli (União Brasil – SP). A PEC estabelece a cobrança de uma taxa mensal para estudantes que possam pagar pelos estudos, mesmo em uma universidade pública, que hoje é gratuita.
Segundo Samuel, a proposta é criminosa e só tem o único objetivo de reduzir o acesso e elitizar a universidade pública brasileira. Para Samuel, que é filho de professores e servidores públicos que vieram da universidade pública, a PEC foi elaborada por quem não conhece do assunto.
“O autor da proposta desconhece a cara da universidade pública brasileira depois da política de cotas, políticas de permanência, ampliação e democratização de acessos ao ensino público. Se eles acham que quem pode pagar, paguem, porque não defendem a taxação de grandes fortunas, taxar lucro dos bancos?”, defendeu o ativista política.