Uma adolescente de 15 anos denunciou à Polícia, um crime de estupro praticado pelo patrão de 34 anos dela na noite de quinta-feira (12) em um balneário na BR-319, após a ponte do Rio Madeira, na capital do estado.

De acordo com o que foi relatado pela vítima aos policiais, ela estava cuidando dos filhos dele, quando ao término do expediente, o acusado se ofereceu para deixá-la na Escola. Sem levar em consideração qualquer malícia, a adolescente aceitou, mas no caminho, ao invés de ir para a Escola, o homem foi em direção ao balneário, e com uma arma de fogo, ameaçou ela de morte e obrigou a manter relações sexuais com ele no mato. Em seguida, repetiu o ato no Balneário.

Também conforme relatos da vítima, ela ficou por quatro horas sob o domínio do estuprador, sem condições de gritar por socorro porque estava o tempo todo sendo ameaçada por ele.

Depois de abusar sexualmente da adolescente, o homem ainda teria deixado-a  na beira da Rodovia e fugiu. A PM foi acionada, mas não conseguiu localizar o acusado. O caso está sendo investigado.

Foto Ilustrativa

Fonte: Rondonoticias

Facebook Comments