Durante a noite de sexta-feira (20) um grande tumulto se formou na frente da Central de Flagrantes, em Porto Velho (RO) após a prisão de uma mulher de 41 anos acusada de agredir uma motorista de aplicativo de 36 anos.

O crime de lesão corporal aconteceu na Rua União, bairro Renascer, na zona Leste de Porto Velho (RO).

A vítima contou que recebeu via aplicativo a corrida para levar a passageira até a zona Leste. Todavia, a mulher em determinado momento afirmava que não sabia exatamente onde iria ficar.

A motorista de aplicativo então teria pedido para ela descer do veículo e telefonar para uma amiga explicar o endereço correto. Porém, a passageira neste instante se exaltou e começou a agredir a motorista de aplicativo com socos e tapas.

A Polícia Militar foi chamada e prendeu a mulher. Na frente da delegacia um grupo de companheiros de profissão da vítima se reuniu demonstrando revolta com agressora.

Familiares da suspeita foram até o local e apresentaram laudo médico comprovando que a suspeita sofre de distúrbios psicológico e ela seria liberada da prisão.

Fonte: Rondoniaovivo

Facebook Comments