Para Ariel Mamede, importante foi manter a invencibilidade

90939_vertical“Não queremos perder é a invencibilidade”. Com essa frase, o técnico Ariel Mamede avaliou o empate no último sábado com o Real Ariquemes em 1 a 1, no estádio Gentil Valério, pela quinta rodada do primeiro turno do Campeonato Rondoniense 2016.

O empate fora de casa tirou a liderança do Rondoniense e foi para o Genus, que no sábado bateu o Ji-Paraná por 2 a 0, no estádio Aluízio Ferreira. O Aurigrená da Capital chegou aos doze pontos, enquanto que o Periquito da capital é o vice-líder com 11 pontos. “Não foi um de nossas melhores partidas , oscilamos muito. Não conseguimos ter o aproveitamento ofensivo que vínhamos tendo em outros jogos, porém , o resultado foi bom”, frisou o treinador.

Para Ariel Mamede, o Real Ariquemes valorizou bastante o ponto conquistado fora de casa. “O Real tem um time muito bom, organizado e bem treinado. Por toda a circunstância foi um bom resultado”, ressaltou.

Ariel Mamede destaca que o retorno do Genus a liderança não influencia em nada. “O Real é um concorrente direto, principalmente jogando fora de casa. Sabia da força do adversário. Então não perdemos a invencibilidade, mas perdemos essa liderança momentânea, liderança que não nos traz grandes benefícios ou vantagens”, acrescenta.

De acordo com Mamede, o mais importante foi ter pontuado em Ariquemes. “O importante é que somamos um ponto em nossa caminhada. Mais um ponto na nossa trajetória, em busca do nosso objetivo”, finalizou.

Nas duas próximas rodadas, o Rondoniense recebe seus adversários no estádio Aluízio Ferreira. O Periquito da Capital recebe no sábado (09) o Rolim de Moura e no dia 16 de abril o Morumbi. “Sabemos das dificuldades dos dois próximos jogos, vamos jogar um jogo de cada vez, procurar ir somando pontos para quem sabe chegar ao nosso objetivo ao final”, finalizou.

Fonte: Futebol do Norte/Foto: Alexandre Almeida

Facebook Comments