Palco Giratório começa no domingo (9) com Palhaço Biribinha no Parque da Cidade

0
390


O Palco Giratório, agora em sua XXI edição, é reconhecido no cenário cultural brasileiro como um importante projeto de difusão e intercâmbio das Artes Cênicas e neste ano, serão realizadas 625 apresentações artísticas e mais de 1.600 horas de oficinas em 132 cidades, em 26 estados e no Distrito Federal. Iniciativa do Sesc que oferece ao público uma programação caracterizada pela diversidade de expressões, qualidade de espetáculos e ações formativas com grupos das cinco regiões brasileiras.

XI EDIÇÃO FESTIVAL PALCO GIRATÓRIO EM RONDÔNIA

Em nossa capital terá início a 11ª Edição do Festival com o Circuito Especial que recebe a Cia. Teatral Turma do Biribinha, de Arapiraca, Alagoas. Em comemoração aos 60 anos de carreira do Palhaço Biribinha, teremos uma viagem pela história do circo e dos palhaços tradicionais.

Entre os dias 09 a 14 de setembro acontecerá uma vasta programação de circo-teatro na lona do palhaço Biribinha, instalada no Parque da Cidade (próximo ao Porto Velho Shopping) recebendo no período diurno diversas escolas públicas e no período noturno a programação estará aberta para a comunidade em geral.

O espetáculo de abertura conta a história de um palhaço contratado para produzir um filme sem elenco e sem dinheiro. Só se for com ‘MAGIA’ no dia 09 de setembro, as 17h livre para todos os públicos.

O festival segue até o dia 30 de setembro totalmente gratuita, com 73 apresentações de teatro, dança e circo, em diversos espaços da capital e interior. Na capital, além dos espetáculos no Teatro 1, o festival realizará programação especial, que esse ano acontece em praças, escolas, Lar do Bebe, Casa do Ancião, Hospital e Penitenciária Feminina. Além de espetáculos para todas as faixas etárias, uma vasta programação de debates, pensamento giratório, seminário e exposição é realizada com a participação ativa da comunidade, artistas locais e convidados, promovendo uma troca de experiências enriquecedoras, divulgando o trabalho de profissionais de todo o país e gerando emprego para os inúmeros trabalhadores que atuam no circuito. Sobre a importância do festival o presidente do sistema Fecomércio – Sesc – Senac – IFPE sr. Raniery Araujo Coelho acrescenta que ‘o Sesc é incansável na sua missão de ofertar a população atividades culturais de qualidade e o Palco Giratório é uma das maiores evidências disso levando não somente apresentações, mas também visando a educação para as artes e o intercâmbio entre artistas e todos os que se identificam com a cultura’.

INTERIORIZAÇÃO

Durante o festival acontecerá o trabalho de interiorização, uma metáfora de fios entremeados em diversos nós: Com a circulação estadual do Grupo Circo Amarilo (SP), Grupo teatral Boca de Cena (SE) e o grupo O Imaginário (RO) em Nova Mamoré, Ariquemes, Presidente Médice e Vilhena. E mostra Palco Giratório em Ji-Paraná de 15 a 22 de setembro, com os espetáculos: Clake (SP), Concerto em Ri Maior (PR), As Mulheres do Aluá (RO), Festa dos meus Sonhos (RO), Desastro (BA), P´S (RN), Eles Não Usam Tênis Naique (RJ), Os Cavalheiros da Triste Figura (SE).

AÇÃO SOCIAL

O Sesc estará recebendo doações de 1kg de alimento não perecível para distribuição em instituições assistenciais de Porto Velho e Ji-Paraná atendidas pelo Mesa Brasil (doação opcional).

A programação completa pode ser baixada no link PALCO GIRATÓRIO RO ou acompanhado no Facebook PALCO GIRATÓRIO RO.

Fonte: Assessoria

Facebook Comments