Pai suspeito de espancar e matar a filha de dois anos em RO é surrado na cadeia

Acusado de matar espancada a filha de dois anos no dia 21 do mês passado em uma residência no bairro Marechal Rondon, em Ariquemes (RO), William Monteiro da Silva, 25, foi surrado por companheiros de cela na penitenciária da cidade.

Na quarta-feira (2), o suspeito de 25 anos se negou a participar da reconstituição simulada dos fatos no bairro Marechal Rondon. Uma estrutura foi montada na casa onde a menina de dois anos morava com o pai, a madrasta e um irmão de cinco meses.

O advogado de William Monteiro da Silva, suspeito de espancar e matar a filha de dois anos, diz que seu cliente “não está bem da cabeça”.

A princípio o advogado que está à frente da defesa do casal é Hamilton Trondoli. No entanto, segundo a polícia, ele havia informado que tinha passado mal e não teria condições de estar presente na reprodução simulada dos fatos marcada para essa manhã e enviou o sócio, Hugo Henrique da Cunha.

“A defesa decidiu não participar da reconstituição devido ao estado dele de ontem para hoje, pois aconteceu uma situação ruim com ele que quase o levou a morte, na unidade prisional de Ariquemes, disse o advogado de defesa

Facebook Comments