Paciente transferida do MS para tratamento de covid-19 em RO recebe alta no Hospital de Campanha

Recebeu alta sexta-feira (11) a paciente transferida de Mato Grosso do Sul, no dia 4 de junho, para tratamento da covid-19 no Hospital de Campanha (Hcamp), em Porto Velho, Rondônia. Bruna Maria, de 29 anos, é cabeleireira, mãe de dois filhos, moradora da cidade de Dourados.

Segundo o clínico geral, Maxwendell Gomes Batista, o quadro clínico da jovem ao dar entrada na unidade hospitalar era considerado estável e que durante todo o período de internação, Bruna recebeu  acompanhamento multidisciplinar, assim como medicações de suporte e corticoterapia. Dos nove pacientes que vieram do Mato Grosso do Sul para tratamento médico em Rondônia, ela é a primeira a ter alta hospitalar, após sete dias internada, sendo que três foram na UTI.

“Esse tempo de pandemia, ensinou para gente que não existe um território, existem pessoas. Todos os estados entenderam isso. Rondônia teve ajuda de vários no momento em que não havia leitos, e todos foram solidários conosco, então nada mais justo que agora a gente pudesse receber e ajudar outros governos nesse momento de dificuldade, porque ainda assim, como eu disse: são pessoas, então não dá para fazer distinção somente por causa de uma demarcação territorial. Me sinto super feliz de estar ajudando pessoas, de ver outros colegas ajudando pessoas, e começar um novo cenário na área da Saúde. Um cenário da coletividade, onde todos ganham com isso”, reforçou o médico.

Muito emocionada na saída do hospital,  Bruna acompanhada da sua mãe, Rosimar Aparecida, agradeceu. “Fui muito bem tratada durante o tempo que eu fiquei aqui. Queria sair agradecendo um por um, a todo mundo”.

“Agradeço a Rondônia e todas as pessoas que acolheram minha filha. Jamais imaginaria que um lugar tão distante pudesse acolher tão bem minha filha, cuidar, curar ela, abaixo de Deus, é claro. Essa cidade para mim se tornará mais do que importante, estará para sempre no meu coração”, disse a mãe da paciente.

“Hoje é um dia muito importante, de grande alegria para nós, isso porque há sete dias demos início aquela operação “Unidos pela Vida”, onde recebemos nove pacientes do Mato Grosso do Sul. Estado que também nos ajudou muito quando não tínhamos leitos de UTI. Hoje essa paciente, retorna para seu lar. Além disso, outro jovem de 29 anos, do mesmo Estado, tem tido melhoras significativas e já tem perspectivas de que nas próximas horas, possa ser transferido para a enfermaria”, finalizou o gestor da Secretaria de Estado da Saúde, Fernando Máximo.

Fonte: Secom

Facebook Comments