Os candidatos a deputados federais e estaduais mais engajados nas redes sociais

0
632


PORTO VELHO- Na primeira eleição pós-golpe e acentuada por uma crise econômica sem precedentes, e sob uma nova legislação eleitoral que proíbe doações de empresas, candidatos a deputados estaduais e federais também estão se virando nos 30. As redes sociais são as opções mais baratas e rápidas para atrair o eleitor.

O grupo “Bora lá” de Luciana Oliveira no Zap tem muitos seguidores

Neste campo, quem está dominando é a influenciadora digital e ativista Luciana Oliveira (PSB), candidata a deputada estadual, com presença marcante nas redes sociais. Ela usa toda a sua capacidade como jornalista para aproveitar ao máximo a ferramenta virtual. Vem ao longo dos anos utilizando o Facebook, Whatsapp, Twitter e Instagram à exaustão. Recentemente teve um vídeo visualizado mais de 5 milhões de vezes. Mantém um blog na internet e está espalhando a mensagem dela por vários grupos do Whatsapp.

Outra que exibe desenvoltura nas redes sociais é a candidata a deputada federal pelo PHS-RO, a policial civil Leilane Farias.

Em números absolutos, Leilane Farias congrega o maior contingente de seguidores na rede social. Em sua página no Facebook já ultrapassa 40 mil seguidores e no Instagram mais de 50 mil. Congregou o maior volume de interações até o presente momento, com mais de 100 mil curtidas, milhares de compartilhamentos e centenas comentários divididos em seus posts.

Leilane que é natural de Guajará Mirim e reside em Porto Velho há mais de 10 anos, disputa pela primeira vez cargo eletivo. É mãe, graduada em direito e pós graduanda em metodologia do ensino superior.

Outro candidato a deputado estadual engajado nas redes sociais é, sem dúvida o Raimundinho Bike Som (PHS) que não larga as “lives”. Todos os dias, às 5 da manhã, ele lança uma “live” denunciando as mazelas de Porto Velho. Motivo não falta para Bike Som acordar cedo.

Os candidatos da Rede Sustentabilidade também estão sabendo utilizar bem as redes sociais. Vinícius Miguel, a governador; Olakson Pedrosa, a federal e Tiago Lins, a estadual, estão investindo pesado no Facebook, Whatsapp, Instagram e Twitter.

 

 

Facebook Comments