Oportunidade: inscrições abertas para o programa Jovem Aprendiz da CAIXA

jovema

Os interessados em participar do processo seletivo podem obter mais informações, sobre a inscrição e o processo seletivo, através do CIEE - Centro de Integração Empresa-Escola
Os interessados em participar do processo seletivo podem obter mais informações, sobre a inscrição e o processo seletivo, através do CIEE – Centro de Integração Empresa-Escola

Um dos programas de inclusão social/profissional do Brasil, o Jovem Aprendiz da Caixa é considerado por muitos especialistas como uma ótima opção para quem quer entender um pouco melhor o que é o mercado de trabalho. Além disso, esses conhecimentos e vivência dentro de um ambiente corporativo podem ser um importante diferencial em processos seletivos futuros.

O programa é voltado para jovens que têm entre 16 e 22 anos com renda familiar considerada baixa e que, por isso, encontram muitas dificuldades na hora de encontrar um emprego formal e qualificação necessária para desempenhar bem as mais diversas funções rotineiras no dia a dia de qualquer instituição profissional.

Além disso, os participantes têm direito, além da remuneração, que é de 1,5 salário-mínimo, a outros benefícios como os chamados vales, de alimentação e também de transporte, além de direitos previstos pela legislação trabalhista vigente no Brasil. Entre eles, o Fundo de Garantia (FGTS) no valor de 2%, além das férias remuneradas.

Quem pode participar do Jovem Aprendiz da Caixa

As vagas para Jovem Aprendiz da Caixa são voltadas para jovens com idade entre 16 e 22 anos. Além disso, é necessário que os candidatos estejam devidamente matriculados e cursando ao menos o primeiro ano do ensino médio. Para poder participar do programa, é exigido que os estudos sejam feitos em uma escola pública ou até mesmo em uma escola particular, desde que seja na condição de bolsista, que tenha sido contemplado com o valor integral do benefício.

Outra importante exigência para que os interessados participem do processo seletivo e, consequentemente, do programa é a renda familiar. De acordo com a estrutura do programa, só podem participar jovens que sejam de famílias que ganhem, no máximo, 59% de um salário-mínimo por pessoa.

Como o Programa Jovem Aprendiz da Caixa contribui com os estudos dos participantes

Ao contrário do que pode acontecer em outras oportunidades de trabalho, estágio ou qualificação profissional, o Programa Jovem Aprendiz da Caixa atua alinhado com os estudos. Um dos grandes objetivos e metas do programa é incentivar o jovem a continuar na escola, com a máxima dedicação e aprimoramento necessário para que ele se torne, cada vez mais, não só um profissional qualificado, mas também um cidadão com amplos conhecimentos e cultura.

Entre outros objetivos do programa está a garantia de que os jovens brasileiros possam ter acesso ao máximo de conhecimento, seja em nível teórico e prático do desenvolvimento de uma profissão, tornando-os menos vulneráveis às dificuldades socioeconômicas. Com o programa, é possível promover uma maior inclusão social, além de capacitar os seus participantes em serviços administrativos e bancários, ensinamentos sempre voltados não só para a formação profissional, mas também para a formação de um cidadão consciente de seus direitos e deveres dentro da estrutura da sociedade.

Quais as instituições parceiras do Programa Jovem Aprendiz da Caixa

Para viabilizar a seleção, contratação e o acontecimento do Programa Jovem Aprendiz em todo território nacional, a Caixa tem uma parceria com o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), que contribui em todas as etapas da iniciativa

O que é o CIEE?

Também responsável, principalmente pela seleção de jovens que vão atuar em agências da Caixa durante o programa Jovem Aprendiz, o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) é uma instituição privada, sem fins lucrativos.  Com amplas ações de assistência social de extrema utilidade pública e que consegue viabilizar contratações de estudantes no mercado de trabalho. Além disso, a entidade atua com diversos programas de aprendizado, estágios e treinamentos e geral.

Fonte: AIB News

Facebook Comments