Durante a Operação Lei Seca, realizada em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), a Polícia Militar (PM) prendeu entre a noite dessa sexta-feira (14) e a madrugada deste sábado (15), 11 motoristas conduzindo veículos embriagados.

Nas abordagens deste final de semana ocorreram em dois locais distintos da região Central da capital: na avenida Amazonas, bairro Nossa Senhora das Graças, e avenida Dom Pedro II, bairro São Cristóvão. Os condutores foram encaminhados para a Central de Flagrantes e ficaram à disposição da Justiça.

Durante a Operação, os policiais também consultam as documentações dos veículos e dos motoristas que foram submetidos ao teste do bafômetro. Os veículos vistoriados pelos fiscais do Detran que constaram irregularidades também foram recolhidos.

Penalidades

Ao ser presa, a pessoa dirigindo embriagada só será liberada somente após pagamento de fiança de pelo menos um salário mínimo. A multa administrativa para quem for flagrado é considerada uma infração gravíssima, e gira em torno de R$ 2.934,70, além da suspensão do direito de dirigir por 12 meses, retenção do veículo até a apresentação de outro condutor habilitado. Em caso de reincidência em menos de 12 meses, o valor da multa dobra.

Com a alteração da lei nº 9.503, de 1997, do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), há previsão de uma pena maior de prisão para os motoristas que causam acidentes graves ou fatais.

Fonte: Rondonoticias

Facebook Comments