A OLX, empresa mundial de comércio eletrônico, divulgou nota onde afirma que removeu rapidamente a publicação de uma suposta doação de bebê em Rio Branco e que ainda bloqueou o usuário que fez a publicação de uma criança em sua plataforma.

A OLX garante que está à disposição das autoridades para colaborar no que for necessário para a apuração dos fatos. No anúncio, além da foto do bebê que teria um ano de vida, o anunciante afirmava que a doação seria motivada por falta de condições financeiras para prover as necessidades da criança.

O Conselho Tutelar de Rio Branco e o Ministério Público do Acre investigam o caso.

Leia a nota da OLX.

Nota de Esclarecimento

A OLX detectou e removeu o anúncio da plataforma em menos de uma hora após sua publicação e bloqueou o usuário. A empresa reforça que o ocorrido vai contra os Termos e Condições de Uso da plataforma (http://go.olxbr.com/termos-condicoes-olx) e está revendo seus processos com o objetivo de aumentar a eficácia dos mecanismos que impedem a publicação de conteúdos proibidos. A OLX está à disposição das autoridades para colaborar no que for necessário para a apuração dos fatos.

Fonte: AC24horas

Facebook Comments