34 C
Porto Velho
terça-feira, agosto 16, 2022

Buy now

spot_img

OBRAS NOS 52 MUNICÍPIOS MELHORAM A INFRAESTRUTURA EM RONDÔNIA

NOVO-ESPAÇO-ALTERNATIVO-28-370x246

Quatro anos de investimentos em obras de pavimentação e restauração de rodovias, em asfaltamento urbano, na construção de pontes de concreto, na instalação de praças e parques, e também na estruturação do parque de máquinas do governo estadual, contribuíram para a melhoria  da infraestrutura dos 52 municípios de Rondônia.

No total, através do Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes (DER), são mais de 800 milhões de investimento nos municípios, incluindo obras em andamento que se estendem até o final do próximo ano (com recursos assegurados). Este montante foi injetado, principalmente, em pavimentações e restaurações de 20 rodovias, em quase 700 km de asfaltamento de ruas nos 52 municípios e na construção de praças nos municípios.

Pavimentações

Nos quatro anos da administração do governador Confúcio Moura o DER injetou recursos para asfaltar 13 rodovias, garantindo o acesso pavimentado aos municípios. Foram concluídas as pavimentações de São Felipe a Parecis; em Triunfo (Candeias do Jamari); em Castanheiras;  de Jaru a Tarilândia, no distrito de Iata (Guajará-Mirim) e no morro Chico Mendes, em Ouro Preto, um dos principais pontos turísticos de Rondônia. O acesso ao Instituto Federal (Ifro) de Ariquemes faltam apenas o meio fio e a sinalização. De Urupá a Alvorada e em Alta Floresta os trabalhos passam de 80% de execução.

ASFALTAMENTO ACESSO IFRO - ARIQUEMES (27)

Outras pavimentações importantes para o desenvolvimento do Estado estão em andamento, a exemplo da RO-257, com a extensão de 72 km ligando Ariquemes a Machadinho (sendo este o maior projeto de pavimentação de rodovia já lançado pelo governo de Rondônia); o asfalto do Anel Viário de Ji-Paraná; a interligação de Cerejeiras a Pimenteiras, e o acesso a Campo Novo,  obras que garantem o acesso asfaltado nos 52 municípios do Estado.

Restaurações de rodovias

Em todo Estado, seis rodovias com pavimento velho e deteriorado foram refeitos. As maiores restaurações foram realizadas da BR-364 a Mirante da Serra e de Nova Brasilândia a Migrantenópolis. Da BR-364 a Theobroma os trabalhos estão em andamento. O destaque desses projetos de reconstrução das rodovias é que os serviços são executados por servidores e máquinas próprios do DER, resultando na economia de até 40% no custo das obras, se comparado o preço praticado pelas empresas contratadas. As 20 pavim

entações e restaurações de rodovia garantem mais 550 km de asfalto novo para Rondônia.
O diretor-geral do DER, engenheiro Ubiratan Gomes, frisa que a execução de obras por administração direta é uma marca do atual governo.

Asfalto em Ji-Paraná

O asfalto urbano

Com o Projeto Asfalto Bom, o maior programa de pavimentação de ruas da história de Rondônia, o governo estimava asfaltar 500 km de ruas nos 52 municípios. Com o andamento do programa este número subiu para 680 km pavimentação de ruas. As obras já foram concluídas em 24 municípios e 18 distritos. Cidades como Machadinho do Oeste e Ouro Preto estão com 95% dos trabalhos finalizados. Distritos que não tinham sequer um palmo de asfalto foram beneficiados, como União Bandeirantes, em Porto Velho. Cidades como Cabixi, Rio Crespo e Teixeirópolis ficaram 100% asfaltadas.

Praças nos municípios

CORREGO PINTADO - JIPARANA (9)

Em 15 cidades são construídas praças onde o governo passa a oferecer opções de esporte e lazer para a comunidade. Praças de grande porte são instaladas em Porto Velho (Novo Espaço Alternativo), em Ji-Paraná (Córrego Pintado), em Buritis (Parque Buritis); em Jaru (Parque da Baixada), Ouro Preto (Parque do Bosque), em Ariquemes (Parque Açaí), e em Cacoal (Parque Sabiá).

 Projeto Estradão

O governo investiu cerca de R$ 100 milhões na compra de quase 400 máquinas e equipamentos para estruturar o DER. Com isso o órgão reabriu as Residências Regionais de Machadinho e Jaru. Instalou novas unidades em Extrema (Ponta do Abunã) e em Buritis. Cacoal que era apenas como almoxarifado também recebeu máquinas e passou a recuperar estradas.

Com essa estrutura o governo mais que dobrou sua capacidade de atuação. As estradas não-pavimentadas foram melhoradas com encascalhamento, eliminação de curvas perigosas, cortes de morros elevados, com a iluminação dos trevos estaduais e com a eliminação de pontes velhas de madeira, dando lugar a pontes de concreto e tubos metálicos.

Mão Amiga

Com mais máquinas e equipamentos, o governo criou o Projeto Mão Amiga, passando a recuperar também as estradas não-pavimentadas de responsabilidade das prefeituras. Um apoio que os prefeitos não tinham.  Em dois anos, mais de 30 prefeituras receberam o apoio do Estado.

Teatro Estadual

TEATRO ESTADUAL  (4)

O Teatro Estadual está entre as grandes obras concluídas pelo atual governo. O projeto se arrastava há anos e só agora foi concluído. Porto Velho era a única capital do Brasil que não tinha um teatro. Essa realidade mudou e agora Porto Velho tem um local digno para apresentações teatrais.

Palácio Rio Madeira

DSC_0035

Hoje, os servidores públicos do estado têm um local digno para trabalhar. O Palácio Rio Madeira está ocupado por diversas secretarias garantindo a comodidade da população que pode resolver seus problemas no mesmo local. O governo deixou de pagar aluguel para a acomodação das secretarias e esta economia é revertida em mais benefícios para os rondonienses.

 

RO-464-  BR-364 região de Tarilandia

 Fonte

Texto: Nilson Nascimento
Fotos: Nilson Nascimento

Related Articles

REDES SOCIAIS

0FansLike
3,435FollowersFollow
0SubscribersSubscribe
- Advertisement -Governo de Rondônia

Latest Articles