Diretor Lioberto Caetano, governador Confúcio e o residente José Soares

Diretor Lioberto Caetano, governador Confúcio e o residente José Soares
Diretor Lioberto Caetano, governador Confúcio e o residente José Soares
O governador Confúcio Moura vistoriou os trabalhos de abertura da Rodovia Expresso Porto/Contorno Norte, obra que ele considera de fundamental importância para a melhoria do trânsito em Porto Velho. A rodovia tem o objetivo de retirar o fluxo diário de mais de 200 de carretas do perímetro urbano da Capital.

Confúcio percorreu de carro os 10 quilômetros de abertura da estrada, acompanhado do diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER), Lioberto Caetano. A rodovia terá início ao lado das Irmãs Marcelinas, na BR-364, até a Estrada da Penal.

O governador elogiou a velocidade dos trabalhos executados pela Residência Regional do DER em Porto Velho e destacou que os serviços são realizados com maquinário e servidores próprios do órgão. “Se fossemos contratar uma empresa para fazer esse trabalho, não começaríamos nesse ano. É uma obra que será excelente para Porto Velho, para os caminhoneiros e para os portos que geram impostos para o Governo”, frisou.

Lioberto Caetano entende que a rodovia Expresso Porto tem importância no contexto nacional, vez que será utilizada por caminhoneiros de todo o Brasil, para a descarga de grãos nos portos Maggi e Bertolini. “O trânsito congestionado não é bom pra ninguém. Os caminhoneiros também sofrem”, acrescentou.

Coordenador dos trabalhos, José Soares, o Zezinho, explica que o DER faz a abertura de 50 metros de largura, sendo 25 metros a partir do eixo da pista de rolamento, que será 12 metros de extensão. Disse que trabalha com quatro frentes de serviço: uma com a topografia; uma na abertura da estrada com tratores esteira; uma com patrolamento e a última com o encascalhamento.

Fonte
Texto: Nilson Nascimento
Fotos: Ronaldo Nina

Facebook Comments