Ramon Cujuí e Vinícius Miguel, os mais citados

PORTO VELHO- O atual prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves (PSDB), decidirá nas próximas semanas, se sai ou não à reeleição. O prazo que ele dera a si mesmo que seria de 15 dias expira no final dessa semana, mas, informações não confirmadas até o fechamento desta reportagem, dão conta de que ele vai se demorar mais um pouco para tomar uma decisão.

A expectativa é a de que ele realmente não saia candidato, por vários motivos, dentre eles, o futuro incerto do Brasil pós-pandemia. O futuro prefeito de Porto Velho, herdará, além dos problemas de uma administração, as consequências nefastas da pandemia que assola a capital e o resto do Mundo. Apesar da decisão do prefeito em desistir da reeleição, as pressões partidárias para que saia também são fortes. Há muito em jogo, além de cargos. Uma possível reeleição de Hildon deixaria o PSDB forte para as eleições de 2022 disputar as duas vagas majoritárias mais importantes: governo e Senado Federal.

Há quem diga que o deputado federal Léo Moraes (Podemos), também estaria disposto a não disputar o pleito de 2020, exatamente por estas razões, as consequências econômicas e sociais que a Covid-19 deixará. Segundo uma fonte, teria ouvido do próprio Léo que ele não sairia, que os planos dele é fazer o o melhor como deputado federal e disputar um cargo majoritário em 2022. A reportagem não conseguiu falar com o parlamentar.

Mas, num cenário com estes candidatos Vinícius Miguel (Cidadania), Samuel Costa (PCdoB), Ramon Cujuí (PT), Coronel Ronaldo Flores (Solidariedade), Léo Moraes (Podemos), Thiago Tezzari (PSD), Fabrício Jurado (DEM), Breno Mendes (Avante), Leonel Bertolini (PTB), George Braga (MDB), Pimentel (MDB), Ciça Andrade (PSL) e Cristiane Lopes (PP), quais estariam em melhores condições de disputar e vencer estas eleições conturbadas e imprevisíveis?

O Mais RO ouviu nove pessoas, dentre profissionais liberais, políticos, empresários, jornalistas, que opinaram, citando três nomes. Também foi disponibilizada uma postagem no Facebook onde quem quisesse poderia citar alguns nomes. Os nomes mais citados foram os de Ramon Cujuí (PT), seguido de Vinícius Miguel, Léo Moraes, Samuel Costa, Breno Mendes, Fabrício Jurado e George Braga.

1-Vinícius Lemos, advogado: Vinicius Miguel (Cidadania), Léo Moraes (Podemos) e Breno Mendes (Avante)

2-Robson Oliveira, jornalista: Vinícius Miguel (Cidadania), Cristiane Lopes (PP), Breno Mendes (Avante) e Coronel Ronaldo Flores (Solidariedade)

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo

3-Juan Pantoja, site Eu Ideal: Vinícius Miguel (Cidadania), Samuel Costa(PCdoB), Thiago Tezzari (PSD) e ex-secretário Leonel Bertolini (PTB)

A imagem pode conter: 1 pessoa, sentando, barba e área interna

4-João Paulo Viana, cientista político/ UNIR: Vinicius Miguel (Cidadania), Léo Moraes (Podemos) e Ramon Cujuí(PT)

A imagem pode conter: 1 pessoa, óculos, selfie e close-up

5- Neide Bandeira- ativista Kanindé Ambiental: Vinícius Miguel (Cidadania), Ramon Cajuí (PT), Cristiane Lopes (PP).

6- Francisco Melgarejo Júnior, publicitário: Léo Moraes (Podemos), Pimentel (MDB) e Fabrício Jurado (DEM)

7- Lívio Chagas, corretor de imóveis: Vinícius Miguel (Cidadnia)

8-Roberto Kuppê, jornalista: Ramon Cujuí (PT), Vinícius Miguel (Cidadania) e Braga/Pimentel (MDB)

9- José Hiran Gallo, médico: Léo Moraes (Podemos), Vinicius Miguel (Cidadania) e Fabrício Jurado (DEM)

Fonte: Mais RO

Facebook Comments