Nova formação do Conselho Nacional do Ministério Público garante que Dallagnol será punido

Procurador Dallagnol deu uma entrevista coletiva à imprensa usando um powerpoint para explicar as denúncias contra LulaReprodução/Twitter

A decisão de Luiz Fux em travar um processo que estava pronto para ser julgado contra o procurador no CNMP repercutiu mal no STF, o que contribuiu com a formação de um novo placar de 8 a 3 contra Dallagnol

Integrantes do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) dizem que, com a nova formação do colegiado, é certo que Deltan Dallagnol será punido quando seus casos voltarem a tramitar. Na avaliação entre membros do conselho, o procurador será, no mínimo, advertido.

Na semana passado, o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu uma liminar suspendendo o processo disciplinar contra Dallagnol no CNMP, acatando um pedido do próprio procurador. Dallagnol seria julgado na terça-feira (12) por ofender ministros da própria Corte.

A representação contra o procurador era assinada pelo próprio presidente do STF, Dias Toffoli. Ele pedia que o procurador fosse punido por afirmar, em entrevista a uma rádio, que decisões da Corte passam uma mensagem de “leniência” a favor da corrupção. Dallagnol ainda disse que Toffoli, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski formavam uma “panelinha” no STF.

A decisão de Fux repercutiu mal entre colegas do STF e a expectativa é que ela não se sustente. A aposta, até então, é de um placar de 8 a 3 contra Deltan no colegiado. O responsável pela Operação Lava Jato em Curitiba é alvo de 16 representações no CNMP.

Power Point

Dallagnoll é famoso pelo power point. O procurador agiu de maneira abusiva e ilegal, em rede nacional, ao retratar, no powerpoint de Lula , o petista como personagem principal da Lava Jato.

 

Fonte: revista Forum

Facebook Comments