A Associação dos Procuradores do Estado de Rondônia – APER e a Procuradoria Geral do Estado de Rondônia – PGE/RO vêm a público externar sua mais absoluta perplexidade, indignação e repúdio ao diálogo divulgado pela Folha de S. Paulo, na última quinta-feira (09/07), em que o deputado estadual Jean Oliveira e seu comparsa Alexsandro Zarelli cogitam assassinar o Procurador do Estado Matheus Carvalho Dantas.

Tristes tempos em que um parlamentar – justamente aquele que mais deveria velar pela decência, compostura, dignidade, probidade e honradez – trama contra a vida de um agente público dedicado, honrado e competente pelo simples fato de este estar cumprindo com suas obrigações legais, sem ceder a pressões e intimidações movidas por interesses inconfessáveis.

É absolutamente injustificável e, sobretudo, inaceitável que a advocacia pública tenha se transformado em atividade de risco no Estado de Rondônia, gerando estresse emocional e insegurança àqueles que se dedicam a essa função e a seus familiares.

Fatos como este, longe de intimidarem os membros da Procuradoria Geral do Estado, apenas reforçam o seu ideal de busca pelo interesse público.

Esperamos que os fatos sejam apurados com rigor e a devida responsabilização de todos os envolvidos, ao mesmo tempo em que reiteramos nosso irrestrito apoio e solidariedade ao Procurador do Estado atacado.

Juraci Jorge da Silva
Procurador-Geral do Estado

Kherson Maciel Gomes Soares
Presidente da APER

Facebook Comments