NOTA DE PESAR – Desembargador aposentado Walter Waltenberg Silva Junior

É com profundo pesar que a Associação dos Magistrados de Rondônia – AMERON, comunica o falecimento, hoje, dia 24.01.2021, do desembargador aposentado Walter Waltenberg Silva Junior, em decorrência da Covid-19.
Ainda muito jovem, no início dos anos 80, Walter Wantenberg deixou sua terra natal e veio desbravar o novo Estado, trabalhando, inicialmente, como assessor de desembargador e, em seguida, no ano de 1985, após aprovação em concurso, como magistrado, tendo como primeira lotação a Comarca de Rolim de Moura, onde desenvolveu trabalhos significativos para magistratura estadual. Em 1992 foi nomeado Juiz da Vara da Auditoria Militar da Comarca de Porto Velho, cargo que, uma vez mais com grande destaque, ocupou até 2005, quando promovido a Desembargador do Tribunal de Justiça de Rondônia.
No Biênio 2012-2013, foi diretor da Escola da Magistratura de Rondônia – Emeron, firmando-a como instituição de ensino superior e como relevante centro de estudos em nível nacional e internacional, desenvolvendo projetos especiais como “Homens e Mulheres Notáveis” e “Congresso Internacional de Mediação e Conciliação”, permitindo aos docentes e discentes daquela instituição, bem como toda a comunidade jurídica do Estado, integrar importantes debates sobre temas que permeavam a justiça na época, promovendo o necessário intercâmbio com renomados juristas do Brasil e do Mundo, tudo sempre com os olhos voltados para o respeito à Constituição e aos direitos humanos, marca registrada de sua trajetória como magistrado e ser humano.
Ocupou, ainda, a vice-presidência do TJRO no biênio 2008/2009 e a corregedoria-geral do Tribunal Regional Eleitoral, no biênio 2016/2017.
Em 2018 assumiu a Presidência do Tribunal de Justiça de Rondônia, honroso cargo que ocupou até 2019, desenvolvendo diversos projetos de interesse da magistratura. Homem culto e visionário, estudioso da área de TI, enxergou na inteligência artificial os novos rumos da magistratura, o que colocou o Tribunal de Justiça de Rondônia na vanguarda nacional. Importante também destacar que foi sob sua direção que, pela primeira vez, o Tribunal de Justiça de Rondônia recebeu do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) o “Selo Diamante”, maior premiação dada por aquele órgão, confirmando o trabalho de excelência que fez empreender.
Constitucionalista, como sempre desejou ser lembrado, foi um homem iluminado, magistrado e Professor destacado, além de grande empreendedor, deixando muitas saudades a quem o conheceu. Por tudo isso, a AMERON manifesta condolências aos familiares e amigos do desembargador Walter Waltenberg e torna pública a sua solidariedade, prestando seus pêsames e transmitindo o desejo de que todos nós encontremos forças para superar a dor pela irreparável perda.
Euma Tourinho- Presidenta
Facebook Comments